Feeds:
Posts
Comentários

Archive for dezembro \13\-02:00 2011

QUEM É ILUMINADO?

Mensagem do Arcanjo Uriel, canalizado por Jennifer Hoffman

Terça-feira, 5 de fevereiro de 2008.

Nossa jornada espiritual é um caminho em direção à iluminação,  onde nos foram concedidas muitas oportunidades para melhorar-nos, crescermos  e aprender sobre nós mesmos e sobre o nosso próximo. Como nos movemos em  direção a esse objetivo, procuramos por professores e guias para ajudar-nos  nessa caminhada, procurando por aqueles que acreditamos já terem alcançado o  entendimento ou que sejam mais  iluminados do que nós. Temos a tendência  de acreditar que eles podem conceder-nos  esclarecimentos sobre iluminação  e o aceleramento do processo.  Desta forma, quando nos deparamos com  pessoas que nos ensinam lições difíceis,  acabamos por acreditar que  encontramos pessoas menos esclarecidas que nós e questionamos nosso próprio  nível de evolução espiritual.  Entretanto estamos olhando para essa  questão da forma errada porque todos somos iluminados, cada um da sua forma.

O esclarecimento ou iluminação não se refere a  ser  espiritualmente avançado ou a alcançar níveis superiores. Isto é parte do  processo de evolução e crescimento, que é nossa jornada de vida.  E isso  é diferente para cada um de nós.  Para alguns, a iluminação pode  significar a superação de uma simples preocupação ou crença.  Para  outros isso pode ser a realização de uma habilidade espiritual.  Isso poderá  levar uma vida inteira para  mover-se apenas um nível ou podemos  mover-nos através de vários patamares  de crescimento e entendimento.  Nossa habilidade para tornar-nos iluminados depende de várias coisas,  inclusive nosso desejo de curar-nos e crescermos, nossa habilidade para  aprender e nosso comprometimento com a nossa caminhada espiritual.  Mas  acima de tudo, isto depende  do que viemos realmente aprender aqui.

Cada um de nós nasceu com lições a aprender e ao longo do  tempo aprendemos a reconhecê-las.  Eventualmente  cada um reconhece  o fato de  repetirem-se certas situações e circunstâncias em suas  vidas.  Se  as pessoas  escolhem reconhecer e trabalhar com  essas situações,   é parte de seu processo de evolução.   Talvez aqueles que não parecem estar crescendo espiritualmente sejam  pessoas  espiritualmente  evoluídas que vieram para aprender sobre  medos e mágoas.  E as  dificuldades que eles enfrentam são parte  desse processo de aprendizado.  Isso faz com que eles sejam menos  iluminados?  Quem pode julgá-los?

Atrair mestres difíceis não reflete necessariamente a  ascensão, tanto a nossa quanto a  dos outros – o fato de estarmos  atraindo-os significa que a conexão existe e que podemos aprender  um  com o outro.  A experiência é parte de nossa jornada.  O que cada um  de nós precisa para  aprender com aquela experiência é somente  conhecer-nos a nós mesmos. Talvez precisemos aprender sobre resistência  e  desconfiança.  Talvez precisemos ser uma força negativa  persistente na vida de alguém para ajudá-lo com seus próprios  sentimentos.   Talvez precisemos aprender a estabelecer  limites.  Talvez precisemos aprender a amar a nós  mesmos.   Qualquer que sejam as lições que vivenciarmos,   com e através dos  outros, o crescimento ocorre para cada um  Apenas não é o mesmo para todos.

Ao vermos  a iluminação  como um tipo de hierarquia  espiritual, estaremos esquecendo-nos que somos todos perfeitos e conectados.  Cada pessoa está sempre no nível perfeito de crescimento que ela pode  alcançar em qualquer momento de toda sua vida. Trata-se de um processo  individual, portanto não se podem fazer comparações.  Ao fazermos  comparações estamos julgando os outros e frequentemente a nós mesmos. Nós não  somos parte interessada na importância ou valor das lições de quem quer que  seja, assim como não somos capazes de ver o objetivo completo do que essas  almas vieram vivenciar.  Não é possível para nós sabermos  quais  são as lições de cada um, da mesma forma que  nós não podemos saber qual  a importância de certas experiências para eles.

Se passarmos a ver cada um como alguém iluminado e  respeitarmos suas jornadas, não importa a que tipo de experiências de  vida  são submetidos, estaremos movendo-nos em direção ao espaço do  não-julgamento, aceitação e amor incondicional.   Esta é uma lição  que toda a humanidade está vivenciando ao seu  tempo. É onde nós  precisamos estar se quisermos abraçar as oportunidades da mudança e criar um  mundo onde a paz, a alegria e o amor incondicional estejam disponíveis para  todos. Ao vermos cada um como um ser iluminado,  estaremos reconhecendo  a jornada desses espíritos e poderemos escolher se iremos fazer parte disso  ou não.  Isso nos permite decidir quem ou o que nós permitiremos   compartilhar  com a nossa própria jornada. E isso nos trará paz quando  lembrarmos que todos são iluminados  e que quando nós brilharmos nossa  luz e trabalharmos sobre nossas próprias decisões, permitiremos que os outros  façam o mesmo  para aperfeiçoar a caminhada de crescimento de suas  próprias almas, suas curas, amor e o retorno à FONTE QUE TUDO É.

Texto  traduzido por:  Virgínia Martinez  Dammroze.

Itu, 28.02.08. E-mail dammroze@uol.com.br

Direitos reservados © 2004,2005, 2006 para Jennifer Hoffman.

Todos os direitos são reservados. Todo o material desta página  está protegido pela lei dos direitos internacionais dos Estados Unidos da  América e não podem ser parcialmente o integralmente  reproduzidos sem a  permissão escrita e expressa da autora.  Todas as reproduções  autorizadas, parciais ou em cópias, por inteiro ou em parte, devem fazer  referência ao nome da autora e ao website de Curas Uriel www.urielheals.com.

Read Full Post »

AS ENERGIAS DE DEZEMBRO DE 2011.

Uma mensagem de Jennifer Hoffman

5 de Dezembro de 2011.

Se Novembro não foi suficiente para fazê-los imaginar o que está acontecendo a sua vida e ao mundo, não é o momento de ficarem muito confortáveis, porque Dezembro nos traz outra rodada de energia para conclusão, liberação e encerramento. Sempre que um mês abre com um Mercúrio retrógrado ativo, entre o sanduíche de um eclipse com um Solstício, podemos esperar grandes coisas. Percebam que eu disse “grandes coisas”, não coisas “boas”, “felizes” ou “fáceis”. Há um pouco de uma grande energia em ação neste mês, e enquanto ainda temos o livre arbítrio, estamos sendo impulsionados a fazer escolhas conscientes sobre quem nós somos, o que queremos, o que estamos fazendo e para onde queremos ir em seguida.

Mercúrio retrógrado termina em 13 de Dezembro, ao grau do ponto do eclipse de 25 de Novembro. Pouco antes disto, temos um eclipse da Lua Cheia, em 10 de Dezembro, ancorando as escolhas e decisões feitas nas duas semanas anteriores. Temos também uma configuração da Estrela de David com a lua cheia, repetindo padrões de 1996, 1997 e da Convergência Harmônica de Novembro de 2003. Há algo sendo repetido que vocês começaram ou pensaram que tinham concluído, então? Não se surpreendam se tiverem que refazer, repensar ou reconsiderar uma escolha ou decisão que fizeram, logo no início de Novembro, ou em 1996. Vocês podem, depois de reconsiderarem, decidir fazer algo diferente. Estejam abertos a escolhas novas e diferentes agora, pois é o momento de nos liberarmos das crenças que têm limitado as opções para o que sabemos que é possível. O Universo, muitas vezes, tem mais soluções criativas, se estivermos abertos a elas.

As energias de Dezembro são intensas e isto é parcialmente porque, por um lado, estivemos liberando tanto (ou foi liberado de nós), que podemos nos sentir desequilibrados, e por outro lado, estamos sendo separados da energia do caos e do medo, e temos que fazer a escolha consciente de estarmos em uma energia diferente. Isto pode parecer como se tivéssemos no mar, sem um barco ou uma pá, e em certo sentido, também estamos em um poderoso espaço de criação, onde temos que escolher cada passo no caminho. Isto é emocionante, mas exige o nosso foco e intenção constantes. O que queremos nesta etapa, na próxima e em seguida?

Até o final de Dezembro, estamos em um momento raro, quando todos os planetas estão em movimento direto, apenas em tempo para prenunciarmos 2012, um ano de grandes promessas, potenciais, possibilidades e poder, contanto que trabalhemos com intenção consciente para permanecermos neste curso. Este é o momento que  estivemos esperando e temos que agir como se estivéssemos lá agora, porque estamos. Lembrem-se de que a sua jornada é parte do seu caminho, assim façam escolhas que reconheçam a alegria, o amor, a paz e a abundância que querem em sua vida. Está tudo aí gratuitamente, contanto que não se esqueçam de pedir, acreditem…

www.urielheals.com

Frederic Delarue – YouTube – Paz – http://www.youtube.com/watch?v=jNFDPMMpXig&feature=related

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Read Full Post »