Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘caminhada espiritual’

QUEM É ILUMINADO?

Mensagem do Arcanjo Uriel, canalizado por Jennifer Hoffman

Terça-feira, 5 de fevereiro de 2008.

Nossa jornada espiritual é um caminho em direção à iluminação,  onde nos foram concedidas muitas oportunidades para melhorar-nos, crescermos  e aprender sobre nós mesmos e sobre o nosso próximo. Como nos movemos em  direção a esse objetivo, procuramos por professores e guias para ajudar-nos  nessa caminhada, procurando por aqueles que acreditamos já terem alcançado o  entendimento ou que sejam mais  iluminados do que nós. Temos a tendência  de acreditar que eles podem conceder-nos  esclarecimentos sobre iluminação  e o aceleramento do processo.  Desta forma, quando nos deparamos com  pessoas que nos ensinam lições difíceis,  acabamos por acreditar que  encontramos pessoas menos esclarecidas que nós e questionamos nosso próprio  nível de evolução espiritual.  Entretanto estamos olhando para essa  questão da forma errada porque todos somos iluminados, cada um da sua forma.

O esclarecimento ou iluminação não se refere a  ser  espiritualmente avançado ou a alcançar níveis superiores. Isto é parte do  processo de evolução e crescimento, que é nossa jornada de vida.  E isso  é diferente para cada um de nós.  Para alguns, a iluminação pode  significar a superação de uma simples preocupação ou crença.  Para  outros isso pode ser a realização de uma habilidade espiritual.  Isso poderá  levar uma vida inteira para  mover-se apenas um nível ou podemos  mover-nos através de vários patamares  de crescimento e entendimento.  Nossa habilidade para tornar-nos iluminados depende de várias coisas,  inclusive nosso desejo de curar-nos e crescermos, nossa habilidade para  aprender e nosso comprometimento com a nossa caminhada espiritual.  Mas  acima de tudo, isto depende  do que viemos realmente aprender aqui.

Cada um de nós nasceu com lições a aprender e ao longo do  tempo aprendemos a reconhecê-las.  Eventualmente  cada um reconhece  o fato de  repetirem-se certas situações e circunstâncias em suas  vidas.  Se  as pessoas  escolhem reconhecer e trabalhar com  essas situações,   é parte de seu processo de evolução.   Talvez aqueles que não parecem estar crescendo espiritualmente sejam  pessoas  espiritualmente  evoluídas que vieram para aprender sobre  medos e mágoas.  E as  dificuldades que eles enfrentam são parte  desse processo de aprendizado.  Isso faz com que eles sejam menos  iluminados?  Quem pode julgá-los?

Atrair mestres difíceis não reflete necessariamente a  ascensão, tanto a nossa quanto a  dos outros – o fato de estarmos  atraindo-os significa que a conexão existe e que podemos aprender  um  com o outro.  A experiência é parte de nossa jornada.  O que cada um  de nós precisa para  aprender com aquela experiência é somente  conhecer-nos a nós mesmos. Talvez precisemos aprender sobre resistência  e  desconfiança.  Talvez precisemos ser uma força negativa  persistente na vida de alguém para ajudá-lo com seus próprios  sentimentos.   Talvez precisemos aprender a estabelecer  limites.  Talvez precisemos aprender a amar a nós  mesmos.   Qualquer que sejam as lições que vivenciarmos,   com e através dos  outros, o crescimento ocorre para cada um  Apenas não é o mesmo para todos.

Ao vermos  a iluminação  como um tipo de hierarquia  espiritual, estaremos esquecendo-nos que somos todos perfeitos e conectados.  Cada pessoa está sempre no nível perfeito de crescimento que ela pode  alcançar em qualquer momento de toda sua vida. Trata-se de um processo  individual, portanto não se podem fazer comparações.  Ao fazermos  comparações estamos julgando os outros e frequentemente a nós mesmos. Nós não  somos parte interessada na importância ou valor das lições de quem quer que  seja, assim como não somos capazes de ver o objetivo completo do que essas  almas vieram vivenciar.  Não é possível para nós sabermos  quais  são as lições de cada um, da mesma forma que  nós não podemos saber qual  a importância de certas experiências para eles.

Se passarmos a ver cada um como alguém iluminado e  respeitarmos suas jornadas, não importa a que tipo de experiências de  vida  são submetidos, estaremos movendo-nos em direção ao espaço do  não-julgamento, aceitação e amor incondicional.   Esta é uma lição  que toda a humanidade está vivenciando ao seu  tempo. É onde nós  precisamos estar se quisermos abraçar as oportunidades da mudança e criar um  mundo onde a paz, a alegria e o amor incondicional estejam disponíveis para  todos. Ao vermos cada um como um ser iluminado,  estaremos reconhecendo  a jornada desses espíritos e poderemos escolher se iremos fazer parte disso  ou não.  Isso nos permite decidir quem ou o que nós permitiremos   compartilhar  com a nossa própria jornada. E isso nos trará paz quando  lembrarmos que todos são iluminados  e que quando nós brilharmos nossa  luz e trabalharmos sobre nossas próprias decisões, permitiremos que os outros  façam o mesmo  para aperfeiçoar a caminhada de crescimento de suas  próprias almas, suas curas, amor e o retorno à FONTE QUE TUDO É.

Texto  traduzido por:  Virgínia Martinez  Dammroze.

Itu, 28.02.08. E-mail dammroze@uol.com.br

Direitos reservados © 2004,2005, 2006 para Jennifer Hoffman.

Todos os direitos são reservados. Todo o material desta página  está protegido pela lei dos direitos internacionais dos Estados Unidos da  América e não podem ser parcialmente o integralmente  reproduzidos sem a  permissão escrita e expressa da autora.  Todas as reproduções  autorizadas, parciais ou em cópias, por inteiro ou em parte, devem fazer  referência ao nome da autora e ao website de Curas Uriel www.urielheals.com.

Read Full Post »