Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘mercúrio retrógrado’

luz-divina

AS ENERGIAS DE JULHO DE 2013


Mensagem de Jennifer Hoffman
2 de Julho de 2013

Enquanto começamos este novo mês, começamos também o segundo semestre de 2013.

Ao invés de perguntarmos “O que há em seguida?”, uma pergunta melhor seria: “O que restou?”, como o que resta para aprender, compreender, liberar, re-calibrar, ajustar e limpar, porque parece que isto é tudo o que estivemos fazendo desde Janeiro e muito tempo antes disto.
Mesmo com o Mercúrio retrógrado deste mês, temos alguns momentos mais suaves à frente, à medida que entramos neste novo período. Julho é um mês fantástico para a limpeza e a preparação dos novos inícios (que podem não chegar até Setembro), que podem ser feitos de qualquer maneira que gostem, com graça e facilidade, ou com uma dose saudável de caos.

Ultimamente, muitas pessoas estiveram me perguntando como elas podem saber que elas fizeram o seu trabalho de limpeza, que ascenderam e algumas temem que elas percam ou que perderam todo o evento. É um processo contínuo e não há nada a perder, nem há um evento que irá marcar quando isto estiver concluído.

O que estamos fazendo agora e que não fomos capazes de fazer antes, é ver onde fizemos progresso, onde estão os nossos últimos passos e se estamos em um espaço onde podemos fazer a transição para a conclusão. Isto tem um preço, contudo, e o preço é deixar ir a necessidade de curar e de ser curado, de ver o reflexo de nossa cura nos outros e achar que concluímos, uma vez que todos estejam no mesmo espaço, energética e emocionalmente, e na mesma freqüência e vibração.

O outro preço é uma questão de valor. O que podemos receber e experienciar é bloqueado por nossas limitações auto-impostas. Está tudo aí para nós agora. Se não recebemos, ou não pedimos, ou não pedimos o que realmente queremos. Talvez estejamos pedindo, mas não estejamos abertos para receber, porque temos questões em torno de merecimento e dignidade.
Esta é a nossa jornada de aceitação e de autoconhecimento, onde deixamos de nos julgar e aos outros, por quem e o que somos, por onde achamos que estamos, ou que deveríamos estar em nossa jornada de cura.

Em Julho, nós temos um forte elemento de água ou de cura que oferece duas possibilidades para esta cura final e encerramento, suave e fluida, ou uma torrente intensa. Se estivermos no aspecto fluido e suave, praticamos a aceitação e o desprendimento, reconhecendo que todos estão onde eles precisam estar, a cada momento, e nos concentramos onde estamos em nossa própria jornada.
A torrente tempestuosa fala por si e pode ser um remo resistente, rio acima se estivermos contra o fluxo, ou um passeio desvairado, se estivermos descendo o rio sem os remos. E embora possamos terminar no mesmo destino, não nos sentiremos tão bem e não apreciaremos tanto o processo.

É também um mês de autoconhecimento e há dois aspectos para este também, o auto julgamento crítico, áspero, ou o amoroso, digno e merecedor. Novamente, temos que escolher, mas neste caso, o destino não é o mesmo. Não seremos capazes de desfrutar do amor, da paz, da harmonia, da abundância e da alegria que podemos ter, o tempo todo, se formos críticos, ásperos e não amorosos com nós mesmos.

Nós somos dignos, vocês são dignos, eu sou digna – digam isto, até que nisto acreditem. A única maneira de mudar o mundo é começarmos com a forma com que falamos e pensamos em relação a nós mesmos. Tudo começa conosco e a menos que estejamos dispostos a nos vermos na mesma luz, amor e verdade, como somos vistos pela nossa Fonte, pelo Universo, por nossos guias e anjos, iremos limitar o nosso acesso a todas as coisas boas e maravilhosas que nos estão disponíveis.

Tudo o que queremos e pensamos em liberar de nossas vidas, está tão preparado para nos deixar, como estamos preparados para deixá-lo ir.
Em Julho isto envolve o grande três, o lar (onde estamos ancorados, vivemos e como nos percebemos no mundo), os relacionamentos (incluindo os empregos, parceiros íntimos e família) e o equilíbrio das energias espirituais e materiais em nossas vidas.

Se uma destas áreas estiver fora do equilíbrio, sentiremos isto neste mês e saberemos quando estamos remando rio acima, contra o fluxo. Como é que sabemos? Onde não estamos felizes, sentimo-nos fora do controle, fora do nosso elemento, fora de sincronia com a nossa visão de alegria, de amor, de paz e de abundância para a nossa realidade?

À medida que ajustamos a nossa freqüência vibratória, encontrando o âmbito perfeito de nossa alegria, paz, amor e abundância, estreitamos a faixa de frequências que permitimos nos conectar conosco, enquanto expandimos a nossa capacidade de receber bênçãos nestas áreas.

Se acharem isto confuso, considerem isto desta maneira:
Quanto mais souberem o que lhes traz alegria, paz, abundância e amor, menos vocês dispersarão as suas energias em busca destas coisas. Assim, vocês podem concentrar a sua energia muito especificamente e com grande clareza, e se tornar um ímã, em vez de um buscador.

Como diz a canção: “Vocês não estão procurando o amor em todos os lugares errados” e podem estar na alegria e atrair mais alegria e bênçãos para vocês.
Tenham um ótimo mês.

-…..—==II==—-…..-

Direitos Autorais:
Site original:
www.enlighteninglife.com
Direitos reservados © 2004/2013 para Jennifer Hoffman. Todos os direitos são reservados. Todo o material desta página está protegido pela lei dos direitos internacionais dos Estados Unidos da América e não podem ser parcialmente o integralmente reproduzidos sem a permissão escrita e expressa da autora. Todas as reproduções autorizadas, parciais ou em cópias, por inteiro ou em parte, devem fazer referência ao nome da autora e ao website de Curas Uriel
Tradução de Regina Drumond Chichorro –
reginamadrumond@yahoo.com.br

Read Full Post »

AS ENERGIAS DE JUNHO DE 2013


Mensagem de Jennifer Hoffman
3 de Junho de 2013

meninaeapomba

Há uma frase que me vem à mente, enquanto penso no

mês de Junho:“Você não pode parar um sino”.

Isto se refere à verdade que você não pode desfazer o

passado. Estivemos tratando de muitos de nossos

problemas do passado, desde Janeiro de 2013,

especialmente em Maio, e tornou-se muito consciente

de como o passado tem afetado o momento presente.

Em Junho, temos a oportunidade de desfazer o passado, de certa forma, definindo um novo rumo e direção para as nossas vidas. Embora possamos não ser capazes de parar um sino, podemos obter um novo sino e é isto que Junho nos oferece, se pudermos vê-lo e se estivermos preparados para isto.

Os dias que antecedem ao Solstício, em 21 de Junho, são poderosos pontos de decisão para nós, cada um nos oferecendo uma escolha do passado ou do presente, expansão ou contração, medo ou amor, transformação ou recolhimento, evolução ou revolução.

Às vezes, pode parecer como se estivéssemos diante de muitas escolhas diferentes, mas há somente uma questão – estamos sendo atendidos por nossas conexões e o nosso caminho de vida, e como eles estão alinhados com a nossa intenção.

Junho nos proporcionará muitas oportunidades (algumas delas serão oportunidades “diante dos nossos olhos”), para indicarmos firme e poderosamente a nossa intenção e então apoiá-la com os nossos pensamentos, crenças, palavras e ações. Eles estão alinhados? Caso não estejam, nós veremos onde eles estão fora do alinhamento e poderemos fazer os ajustes necessários.

Mercúrio entra em sombra retrógrada, em 9 de junho, com o completo movimento retrógrado começando em 26 de junho. Assim, enquanto estamos ponderando as nossas conexões e o nosso passado, e o que queremos fazer em relação a eles, Mercúrio estará nos dando um apoio extra.

O Solstício de 21 de junho é um momento decisivo para todos nós e é a próxima e significativa parada estratégica neste ciclo. Fomos longe demais? Estamos seguindo na direção certa? Curiosamente, a conjunção anual Sol/Júpiter também acontece nesta data, assim a energia em relação a este dia, será expansiva e sustentadora de qualquer coisa que escolhamos fazer.
Mas, não se trata de desfazer o passado.

Trata-se de aproveitar as lições do passado e usá-las para criar um presente novo e diferente.
Quando tentamos desfazer o passado, estamos agindo a partir de um arrependimento, medo e de nossa dor, pois achamos que poderíamos ter escolhido um caminho diferente, mas que não pudemos ter, não naquele momento.

As escolhas que fazemos a cada momento se tornam o caminho que nos leva a um ponto de transformação, onde consolidamos o nosso aprendizado e o usamos para criarmos um novo caminho. Embora possamos ver isto como uma opção, nossa prontidão para agir sobre ele, depende de nossa disposição em deixar ir o passado, sem arrependimento e evoluirmos para uma versão mais brilhante, mais autoconsciente e mais expandida de nós mesmos.

Não avançando simplesmente, mas criando uma expansão completa, de 360 graus, para que nos possamos nos expandir, em todas as direções. Que novos sinos vocês querem tocar em sua vida? Os antigos, com aquele som maçante e chato?

Como eu escrevi nas previsões de 2013, haverá muita coisa acontecendo nos meses de Junho a Agosto que ocorrerão rapidamente. O processo de fazer escolhas, desconectando-se do passado, e considerando novos potenciais e opções de vida, começa em junho.
Estamos nos separando do nosso passado, o que inclui as nossas conexões biológicas e isto pode nos fazer sentir como se tivéssemos que abandonar todas as conexões familiares, quando percebermos que a energia deles não mais nos serve. Mas estamos liberando a nossa biologia para abraçarmos a nossa verdadeira natureza, que é energética.

Para cada conexão biológica que liberarmos, uma conexão energética nova irá ocupar o seu lugar. Nossas famílias energéticas se tornarão nossos novos meios de apoio e de orientação e eles irão nos proporcionar um novo nível de conexão que nunca experienciamos em nossas vidas.

O mundo parece estar com sérios problemas e em algum nível está, mas isto é porque o mundo, como ele existe hoje, foi construído em um paradigma que não é mais sustentável. Os alicerces da 3D estão desmoronando e estamos vendo a mudança polar que foi prevista, mas ela é energética e não geográfica.
Enquanto as nossas energias coletivas se elevam, não podemos mais tolerar ou fazermos parte de ideologias e de práticas que não estejam em sua vibração. Esta mudança é desconfortável, mas é uma fase da evolução da qual somos parte.

Aceitem a transformação e os potenciais que vocês vêem. Usem as energias de Junho para a expansão, para se expressarem e encontrarem o seu ponto de alegria.
Mercúrio retrógrado apóia a revisão, a renovação, a reconsideração, a lembrança e a liberação. Embora tenhamos uma escolha em todas as coisas, algumas vezes o Universo nos dá um empurrãozinho em uma direção e então somos todos conduzidos para dimensões superiores do ser, liberando um passado que não mais nos serve e abraçando um novo caminho, que pode nos capacitar e nos servir, e a toda a humanidade, em todos os sentidos.
Tenham um ótimo mês.

-…..—==II==—-…..-

Direitos Autorais:
Site original: www.enlighteninglife.com
Direitos reservados © 2004/2013 para Jennifer Hoffman. Todos os direitos são reservados. Todo o material desta página está protegido pela lei dos direitos internacionais dos Estados Unidos da América e não podem ser parcialmente o integralmente reproduzidos sem a permissão escrita e expressa da autora. Todas as reproduções autorizadas, parciais ou em cópias, por inteiro ou em parte, devem fazer referência ao nome da autora e ao website de Curas Uriel
Tradução de Regina Drumond Chichorro – reginamadrumond@yahoo.com.br

Read Full Post »

AS ENERGIAS DE DEZEMBRO DE 2011.

Uma mensagem de Jennifer Hoffman

5 de Dezembro de 2011.

Se Novembro não foi suficiente para fazê-los imaginar o que está acontecendo a sua vida e ao mundo, não é o momento de ficarem muito confortáveis, porque Dezembro nos traz outra rodada de energia para conclusão, liberação e encerramento. Sempre que um mês abre com um Mercúrio retrógrado ativo, entre o sanduíche de um eclipse com um Solstício, podemos esperar grandes coisas. Percebam que eu disse “grandes coisas”, não coisas “boas”, “felizes” ou “fáceis”. Há um pouco de uma grande energia em ação neste mês, e enquanto ainda temos o livre arbítrio, estamos sendo impulsionados a fazer escolhas conscientes sobre quem nós somos, o que queremos, o que estamos fazendo e para onde queremos ir em seguida.

Mercúrio retrógrado termina em 13 de Dezembro, ao grau do ponto do eclipse de 25 de Novembro. Pouco antes disto, temos um eclipse da Lua Cheia, em 10 de Dezembro, ancorando as escolhas e decisões feitas nas duas semanas anteriores. Temos também uma configuração da Estrela de David com a lua cheia, repetindo padrões de 1996, 1997 e da Convergência Harmônica de Novembro de 2003. Há algo sendo repetido que vocês começaram ou pensaram que tinham concluído, então? Não se surpreendam se tiverem que refazer, repensar ou reconsiderar uma escolha ou decisão que fizeram, logo no início de Novembro, ou em 1996. Vocês podem, depois de reconsiderarem, decidir fazer algo diferente. Estejam abertos a escolhas novas e diferentes agora, pois é o momento de nos liberarmos das crenças que têm limitado as opções para o que sabemos que é possível. O Universo, muitas vezes, tem mais soluções criativas, se estivermos abertos a elas.

As energias de Dezembro são intensas e isto é parcialmente porque, por um lado, estivemos liberando tanto (ou foi liberado de nós), que podemos nos sentir desequilibrados, e por outro lado, estamos sendo separados da energia do caos e do medo, e temos que fazer a escolha consciente de estarmos em uma energia diferente. Isto pode parecer como se tivéssemos no mar, sem um barco ou uma pá, e em certo sentido, também estamos em um poderoso espaço de criação, onde temos que escolher cada passo no caminho. Isto é emocionante, mas exige o nosso foco e intenção constantes. O que queremos nesta etapa, na próxima e em seguida?

Até o final de Dezembro, estamos em um momento raro, quando todos os planetas estão em movimento direto, apenas em tempo para prenunciarmos 2012, um ano de grandes promessas, potenciais, possibilidades e poder, contanto que trabalhemos com intenção consciente para permanecermos neste curso. Este é o momento que  estivemos esperando e temos que agir como se estivéssemos lá agora, porque estamos. Lembrem-se de que a sua jornada é parte do seu caminho, assim façam escolhas que reconheçam a alegria, o amor, a paz e a abundância que querem em sua vida. Está tudo aí gratuitamente, contanto que não se esqueçam de pedir, acreditem…

www.urielheals.com

Frederic Delarue – YouTube – Paz – http://www.youtube.com/watch?v=jNFDPMMpXig&feature=related

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Read Full Post »

« Newer Posts