Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Unidade’

portal111oegito

O Portal 11:11 é um gatilho pré-codificado colocado em nosso banco de memória celular, antes de nossa descida à matéria. Cada vez que vemos os números 11:11, sejam nos relógios digitais,  os nossos “bancos de memória” se ativam, confirmando uma lembrança esquecida há tempos, de que estamos no caminho certo, e alinhados com a Realidade maior.

O 11:11 é o despertar interno, é o seu chamado. Voce pode semear um desejo antigo, retomar um projeto há tempos esquecido, receber um insight numa área específica de sua vida. É hora de ver o que é real e o que é ilusório, de rasgar os véus da ilusão que nos mantem “presos” neste mundo irreal.

É hora de ascender esta dualidade para a Unidade. E o 11:11 é esta ponte!

O 1o. Portal do 11:11 foi ativado em 11 de Janeiro de 1992 no Egito. Cada Portal traz uma frequência de energia. Estes Portais são similares a comportas em um canal. Quando um Portal é ativado e acessado, nós começamos um intenso programa de transformação e iniciação conforme nossos corpos são emergidos em um novo padrão de frequência.

Até o momento presente todos os 11 Portais já foram ativados!!! A  Solara, americana radicada atualmente no Perú, foi quem organizou estas ativações Planetárias do 11:11 pelo mundo.  Ela trouxe uma visão de nos libertarmos da dualidade , ancorarmos os nossos seres na Unidade e amarmos verdadeiramente com o nosso coração Uno.

Na ativação destes Portais, o auxílio dos Grupos Âncoras foram fundamentais, pois foram eles que auxiliaram a ancorar e espalhar estas novas energias pelo planeta.

Fui uma das representantes dos Grupos Âncoras de São Paulo.

A responsável e facilitadora  da formação dos Grupos Âncoras, do Portal 11:11 no Brasil , na época foi Cristiane Boog.

 

portalfla

(Grupo Âncora do 10. Portal )

portal1111

grupoancoranonoportal

(Grupo Âncora do 9.o Portal )

 

8portal36

(Grupo Âncora do 8.o Portal)

Para maiores esclarecimentos acesse   www.nvisible.com/portugues/indexpor.html

Anúncios

Read Full Post »

CONSTRUINDO UM NOVO MUNDO
Uma mensagem do Grupo, canalizada por Steve Rother
15 de Março de 2012

 

 

 

 

 

 
Nós lhes trazemos uma energia incrivelmente confortável. Nós entramos em seu reino de expectativas, pois vocês vieram à procura de respostas, orientação ou um empurrãozinho na direção certa, que lhes desse validação e lhes permitisse saber que vocês estão fazendo exatamente o que vocês deveriam. Vamos explicar primeiro que grande parte de sua vida a partir deste ponto em diante, poderá ficar sem um pouco desta validação.

É muito difícil para vocês validarem o seu caminho com apenas um passo, mas quanto mais vocês avançam, mais confortáveis se tornam com as suas habilidades para criar. É disto que se trata. Desejamos lhes trazer neste dia uma visão de vocês, a partir de outra perspectiva, que provavelmente vocês não consideraram antes. Vocês estão evoluindo através destes níveis diferentes do que estamos chamando de humanidade.

Ao longo de sua própria história, vocês têm documentado muitas evoluções, mas esta em particular, tem muitos níveis diferentes. Este processo evolutivo em especial que vocês estão experienciando, não somente envolve o ser físico, mas na verdade é a primeira vez que vocês evoluíram a um ponto no qual podem manter mais de sua própria alma e luz. Estas mudanças estão acontecendo agora, até com a sua própria fisiologia, pois ela está começando a mudar para níveis com os quais estão familiarizados. O nervo Vago se tornará muito importante para muitos de vocês, enquanto começam a compreender que é a sua interação com o resto do mundo. Através deste nervo, o corpo físico sente outros espíritos, fazendo estas conexões.

Vocês tiveram discussões aqui hoje sobre remover o véu e ver como vocês estão realmente conectados uns com os outros. Desejamos também falar sobre a Harmonia, pois esta será uma das partes mais importantes e fundamentais com que os seres humanos terão que aprender a trabalhar: a harmonia energética. Assim, como duas energias se harmonizam de algum modo? Primeiro, vamos voltar e descrever o que consideramos como harmonia, para que possam compreender o conceito. Se teclarem repetidamente duas notas em um piano que estejam muito próximas, vocês estarão tocando teclas, o que é tolerável, mas irritante. É porque vocês têm duas notas que estão tão próximas, que elas não se encontram em intervalos regulares: realmente, elas não se apóiam. Elas são duas notas únicas, que insistem em serem totalmente únicas, uma da outra. Quando vocês mudam para uma distância confortável no teclado é que vocês podem tocar o que chamam de acorde, onde duas notas se sobrepõem em intervalos regulares. Não apenas elas se apóiam, mas também criam um terceiro tom que vocês ouvem como harmonia.
É muito mágico quando vocês ouvem música, trazendo uma tremenda quantidade de harmonia e sobretom. Na harmonia, vocês apenas ouvem as três notas que compõem a harmonia. A primeira nota original é a primeira parte desta harmonia. A segunda nota complementa a primeira e a terceira nota é a que vocês ouvem. O que lhes estamos dizendo é que os seus ouvidos são apenas capazes de ouvir determinadas faixas. Há níveis de sobretom desta harmonia, que vocês não podem ouvir, mas nós podemos. Há níveis de sobretom desta harmonia que chegarão à humanidade muito mais do que vocês experienciaram como um indivíduo, e é por isto que a harmonia neste planeta está se tornando tão importante neste momento.

DOR – ALTERANDO O A FUNÇÃO

Agora que descrevemos o que é a harmonia, vamos compartilhar com vocês alguns dos desafios na busca da harmonia, de onde vocês estão agora. Vamos observar uma parte da humanidade que esteve com cada um de vocês inúmeras vezes. É conhecida como o fator de motivação de toda a humanidade. O que é? É a dor. É o que vocês experienciam como a dor, e é um grande motivador. Vocês a usaram mais e mais no planeta, ou para fazer as coisas, ou para não fazer. Se observarem as suas próprias vidas, muitas de suas estruturas diárias são feitas para evitar uma dor específica. À medida que começam a remover este véu e começam a ver as muitas maneiras com que estão conectados, a primeira lição é que descobrirão que a dor é mantida pelo coletivo. Portanto, pode-se sentir a dor, mas ela não é deles, porque a dor é somente o portador temporário da dádiva.

Encontrem a dádiva e a dor não é mais necessária, assim ela pode ser liberada. Há realmente beleza nesta escuridão. Porque vocês vivem em um campo de polaridade, vocês se acostumaram a julgar tudo como bom ou ruim. Nós lhes dizemos, queridos, que não há bom e nem ruim. Tudo está em algum lugar no meio, dependendo de onde vocês escolhem colocá-lo naquele exato momento. O que iremos lhes pedir que façam, é que encontrem esta beleza na escuridão, até na dor que vocês ainda carregam ou experienciam.

Todos e cada um de vocês tiveram uma vida de dor que manteve com vocês. Alguns de vocês resolveram a dor, entretanto, ela permanece opressiva em uma parte amarga do seu coração. A dor é um imenso motivador em sua vida. Considerem a expressão da criatividade humana, tal como a música, os poemas e os filmes. Muitos são escritos a partir da dor ou de experiências dolorosas, ou de situações inusitadas em que entram. O que lhes estamos pedindo que façam é que se preparem agora para este próximo nível da humanidade, e não esperem serem confrontados com todas as partes disto. Observem mais atentamente a dor alegre que esteve em sua vida até agora, que os motivou de algum modo, ou que mudou permanentemente a sua direção. Ainda que pudéssemos tirá-la de vocês neste exato momento, vocês não a liberariam, porque pagaram por ela de um modo que dá um real valor à dor. Encontrem um modo de agradecer à dor como o mensageiro. Se vocês soubessem o benefício disto, iriam se colocar com prazer através deste processo, como o seu espírito frequentemente faz. É a humanidade dentro de vocês, a reação do animal com que fundiram e que algumas vezes repete os mesmos padrões inúmeras vezes, à procura do sucesso em diferentes níveis.

Muitas vezes quando vocês mudam de um nível para o outro, a sua verdade muda para uma compreensão mais clara. Estas são muitas das mudanças que toda a humanidade estará avaliando e à busca de respostas. A parte mais importante é manter em mente que vocês estão construindo uma nova Terra, cheia de vibrações e de partículas de poeira que todos vocês reuniram. Seus olhos estão abertos e tudo o que é preciso, é a sua intenção, seu desejo expresso como um pensamento. Aquelas partículas se unem muito magicamente e vocês criaram uma nova Terra onde viver. Isto significa que vocês estarão mudando de planeta? Não. Isto acontecerá aqui. A questão que temos para vocês é: Vocês estão preparados para entrar nesta Terra? Estão preparados para serem plenamente responsáveis pelos seus pensamentos? Estão preparados para ser o criador do seu próprio destino? Estão preparados para remover o véu? É isto que está ocorrendo. A cada degrau que vocês sobem, o coletivo remove uma pequena parte deste véu para os seres humanos, não importa onde eles estejam na frequência. Não importa se eles estão na borda superior da vibração mais elevada, ou na menos elevada no Planeta Terra neste momento. Todos vocês estão se movendo juntos e isto está funcionando. Movendo-se mais rapidamente do que a velocidade do amor. Movendo-se mais rapidamente, muito honestamente, do que qualquer um deste lado do véu já tenha previsto.

FILTROS EXTERNOS FORAM REMOVIDOS

Muitos estão começando a atrair a atenção em todo o seu globo, nos diferentes níveis, e exigindo um mundo melhor, porque esta evolução não é somente na área da espiritualidade. Está afetando cada pessoa neste planeta. Há momentos em que é até necessário enviar uma onda de energia que possa ajudar a todos os seres humanos em todos os lugares, a alterarem e a mudarem a sua vibração para o próximo nível. Isto está atualmente acontecendo com o que vocês estão chamando de vírus da gripe. Ela está trazendo basicamente oportunidades a muitas pessoas rapidamente. Quando vocês passam por uma doença desta natureza, não mais são a mesma pessoa. Por quê? É muito simples. Vocês estão vibrando de modo diferente. Isto significa que cada doença irá levá-los a um nível acima? Não, mas significa que a doença é simplesmente uma parte do seu processo. A doença nem sempre é um sinal de que algo está errado, embora isto seja um conceito tipicamente humano. Vocês devem compreender que são curadores. Muitos de vocês estão ajudando outras pessoas a dar estes passos e a se acostumarem a esta nova energia, a viverem nesta energia e a usarem todos os dias. Esta é a maior sabedoria que podemos lhes oferecer como curadores da luz – manter o seu conhecimento, saber que vocês estão aqui no Planeta Terra com um propósito. É também muito importante que saibam que vocês têm tudo o que precisam para fazerem o seu trabalho.

REEQUILÍBRIO DO EGO

Muitos de vocês serão chamados a um novo espaço, ou subitamente se encontrarão sem o apoio que tinham antes. Vocês se perguntarão o que estão fazendo de errado, e por que não estão sendo apoiados pelo Universo. Vocês sabem que o seu espírito está aí, podem sentir a direção e a energia do seu espírito, mas nem sempre podem conciliá-lo com os seus próprios movimentos e emoções. Harmonia – como vocês se harmonizam com o outro? É fácil para o Guardião olhar e ver que ele conheceu cada um destes seres, muitos deles em muitas vidas. Mas não é fácil para ele recordar isto quando não estamos com ele. É um véu típico que os impede de recordar o seu papel e assumir o espaço deste. Vocês constroem algo chamado de ego.

Agora, o ego é o senso de si mesmo. É o seu sentido não de unidade, mas de separação. É por causa da sua sensação de separação e de sua identidade como um ser humano, que muitos de vocês acreditam que o ego irá diminuir. Vocês precisarão sempre do ego, entretanto, ele precisa de reequilíbrio, enquanto vocês aceleram. Vocês precisam de um sentido do eu para fingirem ser um humano. Colocado de uma forma bem simples, a compreensão básica de sua energia será diferente. Voltando à dor por um momento, qual é a maior dor que um ser humano pode ter? Bem, podemos lhes dizer que o Guardião quebrou muitos ossos durante a sua vida. Ele vivenciou muita dor, mas nenhuma tão difícil quanto uma dor emocional que destrói a idéia do que era o seu ego. Nós diremos isto novamente. Vocês constroem estas estruturas chamadas de ego para abrigar a sua identidade como um ser humano. Então, quando vocês experienciam uma agitação emocional, quando alguém os deprime, os magoa, ou os reflete com tanta precisão que lhes permite ver verdadeiramente as suas próprias faltas, isto destrói a sua idéia do seu ego e fere em seu âmago. Esta é a maior dor.

Agora, se vocês estão harmonizando a dor e procurando a beleza na dor, nós também lhes diremos que façam a mesma coisa com o ego. Encontrem a beleza nele. Não há necessidade de liberá-lo, pois é uma parte de vocês. Agora, se vocês forem capazes de construir um ego flexível, vocês podem crescer. Vocês percebem que não se trata de vocês, afinal, pois o desafio com o ego é que ele parece ter a sua própria vida. Muitas vezes isto pode se tornar demasiado e vocês bloqueiam o resto do mundo. Todos vocês estão familiarizados com este paradigma e muitos perguntam: “O meu ego está muito grande hoje?” Achamos que isto é absolutamente hilariante, porque se realmente vocês tivessem um problema com ele, não estariam fazendo esta pergunta. A realidade disto é que o ego precisa estar equilibrado em ambas as direções. Ele não pode ser muito elevado e nem muito inferior, e este é o maior desafio que vemos. Encontrem o equilíbrio onde possam se posicionar e dizer qual é o seu valor.

Compartilhem a mensagem que vocês trouxeram do Lar, e podem entregá-la sem que rompam a idéia do seu ego. Esta é a parte que precisamos voltar a construir no Planeta Terra para que os seres humanos sejam capazes de dar o próximo passo e viverem como seres poderosos. Isto não deve ser apenas uma expansão do ego, mas um trabalho completo do ego. Em vez de serem uma estrutura sólida e rígida, sem flexibilidade, iremos agora honrar as pessoas que entrarem em nossas vidas, dizendo simplesmente: “Eu gosto do efeito que você tem em mim. Eu usarei este efeito muito bem e o emitirei ao resto do mundo. Começarei a procurar a beleza. Este é um denominador comum, a peça fundamental que cada um de vocês trouxe do Lar. Vocês não são criaturas do Planeta Terra. Vocês estão aqui em uma breve visita. Se pudermos ajudá-los a se lembrarem de onde verdadeiramente vieram, lembrar-se-ão dos pequenos e divertidos jogos e regras que estabeleceram, para que pudessem participar deste jogo.

MUDANDO AS REGRAS

Queridos, as regras estão mudando e vocês as estão mudando. Nós lhes pedimos que permitam que a sua voz seja ouvida. Isto significa que vocês são a única voz, ou que têm todas as respostas certas? Vocês estão criando um novo mundo. Sua contribuição é necessária, e se experienciarem a dor, a primeira coisa a fazer, é se permitirem a senti-la. Deixem-na fluir completamente sobre vocês, como uma onda e experienciem a dor plenamente, pois há uma dádiva nela. Encontrem a dádiva e a dor se transforma. Encontrem o equilíbrio em seu próprio ego, descobrindo onde ele dói. Perguntem-se: “Qual é a essência sólida e rígida de quem eu acredito que sou?” Se puderem, permitam que venham estas reflexões e as incorporem, enquanto se movem através da vida. Isto lhes permitirá experienciar mais prazer, sendo capazes de voar por aqui ou se divertirem por um pequeno momento. Oh, as coisas estão ficando muito sérias aqui, assim teremos que vir aqui e jogarmos um pouco. Esta é a idéia básica do que vocês estão fazendo. Vocês estão difundindo a Luz, a cada oportunidade que têm. A cada vez que vocês sorriem, a cada vez que expressam uma verdade do seu coração, seus olhos brilham e a luz penetra em tudo.

Vocês alcançaram mais corações do que provavelmente têm conhecimento, e muitos de vocês estão apenas começando. É um novo mundo que vocês criaram. Nós desejamos lhes dizer isto, pois muitos de vocês estiveram lutando e à espera de que a vida se torne mais fácil. Nós lhes dizemos, queridos, que a parte difícil acabou e vocês o fizeram. Agora tudo o que vocês precisam fazer é alterar as suas expectativas. Curtam esta jornada, queridos, pois vocês são criadores de milagres, além de sua compreensão, e estão criando milagres a cada momento.

É com a maior honra que lhes pedimos que se tratem com respeito. Cuidem-se a cada oportunidade que tenham e abram a porta para o outro. Isto funciona. Lembrem-se de que é um jogo inteiramente novo em que estão participando e joguem bem juntos.

Espavo

O grupo

 

  

 
—-…..—==II==—-…..—-

  

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Direitos Autorais 2000 – 2010 Lightworker. http://www.Lightworker.com Esta informação foi feita para circular e poderá ser livremente divulgada, integral ou parcialmente, de acordo com as seguintes condições : O uso deste material implica que seu usuário concorda com as seguintes condições: 1. As palavras “Direitos Autorais 2000 – 2008 Lightworker. http://www.Lightworker.com ” deverão ser incluídas junto a todo o material publicado. 2. Seu usuário concorda que todos os direitos, inclusive os direitos autorais sobre o material traduzido, permanecerão na posse do Lightworker. Caso você traduza este material, nós nos reservamos o direito de compartilhá-lo, atribuindo-lhe o devido crédito como tradutor, no site do Lightworker para que ele esteja disponível a todos. Maiores informações sobre o Grupo poderão ser encontradas em:http://www.Lightworker.com.
Gratos por ajudarem a difundir a Luz

Read Full Post »

– 2012 – A UNIDADE DO CORAÇÃO


Mensagem de KUTHUMI

Canalizada por Lynette Leckie-Clark

25 de Janeiro de 2012.
Eu, Kuthumi, venho lhes falar neste momento. Um momento de grandes lembranças. Memória celular, trazida através das energias vibracionais mutáveis dos éteres, através dos seus corpos etéricos para se infiltrarem nas câmaras mais elevadas do seu coração.
Estas energias se fundem com a sua estrutura celular, viajando por todo o corpo físico, e, finalmente, fundindo-se com as mesmas frequências de vibração mais elevada que entram através do chacra Estrela da Alma para o Chacra Coronário, fundindo-se na Glândula Pineal.
Assim, aqui está a unidade do seu Chacra Cardíaco, meus amigos, neste grande ano de 2012.

INFLUXO DE PURA ENERGIA

Portanto, é vital para o seu avanço que vocês recebam o “puro”. Ar puro para respirar, a fim de que os seus pulmões que dão vida possam funcionar com a força ideal. As frequências mais elevadas que se infiltram através das paredes dos pulmões se fundem e ativam o chacra Timo, criando o discurso positivo da sabedoria compassiva.
A sabedoria que flui da unidade do coração de Cristo/Criador, ativada a partir das células de Luz do Chacra Estrela da Alma, através da Glândula Pineal – se funde quando vocês falam, quando sentem, quando amam.
A água pura deve ser ingerida no corpo físico para renovar e gerar toda e cada célula, auxiliando no bem estar do seu corpo. Reforça a sua força vital, trazendo-lhes uma pureza da energia física. Esta força vital, tão vital para vocês, é uma essência sagrada do seu ser.
Ela deve ser nutrida corretamente neste ano de frequências mutáveis. Através desta essência sagrada, que também alimenta o seu sistema de chacras, flui a grande Luz – as células maravilhosas do Criador ancoram em e através de todos os seus corpos. Vocês são certamente um instrumento sagrado, enquanto estão neste Planeta Terra.

ALIMENTO PURO – O alimento puro é também necessário, sem produtos químicos. Eu falei sobre isto anteriormente, mas lhes recordo novamente agora, devido à importância desta questão. Estejam conscientes do “puro”. Água pura, alimento puro.
Nutram o seu instrumento sagrado, os seus corpos: físico, emocional e mental, também.
Vocês podem perguntar por que eu falo disto. É porque vocês estão transcendendo, meus amigos. O processo já começou, há cerca de 15 anos. Sim, este ano de 2012 é muito importante, mas não esperem se transformar magicamente para uma frequência mais elevada de Luz em um dia, ou até em uma noite, não. É um processo.
Vocês estão agora em um ponto onde um Corpo de Luz forte é necessário. Vocês poderiam comparar isto em sua atual evolução a uma casca solta de Luz, que protege os seus corpos físico, mental e emocional, inferiores e superiores, enquanto a sua estrutura celular transcende para ancorar e manter mais Luz. Eventualmente, torna-se Luz.
Enquanto vocês estão transcendendo, a mudança celular é gradual. O corpo etérico se infiltra nas frequências de Luz pura para o seu corpo físico. O corpo de Luz existente deve ser forte, pois as novas energias estão se tornando muito mais fortes, particularmente ao longo do ano.

SINTOMAS FÍSICOS – Alguns de vocês já estão experienciando sintomas de transcendência. Mal estar, sem sintomas claros, um zumbido freqüente e dor nos ouvidos, letargia ou agitação sem motivo, enxaquecas, uma sensação da cabeça “cheia” e pesada, dores no corpo esquelético. Estes são alguns dos sintomas mais freqüentes.
Todos sem causa, simplesmente uma sensação ou uma dor inexplicável. Os corpos inferiores estão se ajustando. Tudo isto está ocorrendo enquanto estão experienciando a vida na Terra. Vocês podem perguntar:
“Por quê? Por que eu não posso simplesmente encarnar quando a mudança nas frequências estiver concluída? Assim, eu não precisaria me preocupar.”
Meus amigos, a sua voz é necessária para reestruturar a forma com que as coisas são feitas atualmente nos negócios, nos bancos, nos governos. Estas coisas também estão mudando, como devem. Assim vocês percebem que a transformação está ocorrendo em todos os níveis. Através da transcendência celular, vocês mudarão os seus pensamentos, as suas palavras, as suas prioridades.
Por enquanto, eu solicito a cada um de vocês para que nutram e fortaleçam o seu Corpo de Luz. Isto irá manter fortes os seus três corpos inferiores, como eles precisam estar, a fim de transcenderem para os corpos superiores, e ainda mais para a Luz.

A UNIDADE DO CORAÇÃO – Vocês podem realmente sentir a unidade maravilhosa do coração, disponível a cada um de vocês. Uma fusão através do coração mais elevado com o do Criador/Deus. Unidade do Coração. Fusão. Verdadeira felicidade e magnificência. Nós criamos. Nós servimos o Criador/Deus. Vocês estão começando a compreender isto agora. Vocês sentem isto. De fato, servimos aos outros e a Deus.

Que a Paz e a Pureza estejam com vocês.

Kuthumi

Direitos Autorais 2010 – 2011. Todos os Direitos Reservados. Escola de Sabedoria Kuthumi
Se compartilhar esta canalização, por favor, reconheça os créditos do canal – Lynette Leckie-Clark da Escola de Sabedoria Kuthumi (Kuthumi School of Wisdom) e cite o nosso site http://www.kuthumischool.com
Tradução: Regina Drumond

Read Full Post »

Arcanjo Anael fala sobre Ascensão – do site AutresDimensions

 

Eu sou ANAEL Arcanjo.

Bem amados Filhos da Luz e bem amadas Sementes de Estrelas, que a Comunhão, a Graça, o Amor, a Verdade e a Unidade estejam em vocês e em nós.

Eu não tenho comunicação específica a estabelecer, em nome do Conclave, hoje.

Eu tenho, entretanto, enquanto primeiro interveniente, que especificar diferentes objetivos referentes a diferentes Consciências que irão intervir depois de mim.

 No que concerne ao Melquizedeque do Ar, SRI AUROBINDO, ele virá entregar-lhes elementos importantes referentes à evolução da personalidade em meio ao Supramental, tal como se revela, hoje, e tal como deve conduzir esta personalidade (que é sua, aqui, encarnado) a se modificar.

Não através da aplicação de regras, mas, sobretudo, através da observação das modificações da personalidade sob a ação do Supramental.

No que se refere à intervenção das Estrelas, NO EYES irá especificar para vocês o que é a Visão do Coração e como transformar a visão dos planos intermediários (denominados astrais) a fim de permitir penetrar mais adiante no Estado de Ser, na Visão do Coração, e no que concerne, justamente, ao acesso à Unidade.

MARIA, em seguida, virá pedir-lhes para se prepararem para o encontro Vibratório mais importante, com relação ao conjunto das Consciências implicadas, na Terra como no Céu, na transformação da humanidade, que está em via de finalização.

E como Arcanjo, eu venho, hoje, enquanto Ser e Consciência que vem responder às suas perguntas e interrogações, referentes, não aos seus caminhos pessoais, mas, bem mais, ao caminho da humanidade atual.

E assim, então, instaurar, com vocês, além do meu papel de Arcanjo do relacionamento, um espaço de Comunhão, de Coração a Coração, através das respostas que eu trarei às suas perguntas.

Dessa maneira, eu estou, então, à sua disposição, pela Vibração, pelas palavras e pela minha própria Presença, para tentar avançar, com vocês, no que nos aproxima, agora, cada vez mais.

Bem amadas Sementes de Estrelas, eu os escuto.

***

Pergunta: no processo que chega, nós iremos, realmente, perder o corpo físico?

 Bem amado, o que você denomina perder?

Através, mesmo, do intitulado da sua pergunta, você considera que deixar esse corpo é uma perda.

Não há qualquer perda.

A Consciência é Una, qualquer que seja a presença ou o desaparecimento desse corpo.

A Unidade é um estado que transcende a apropriação de um corpo, a identificação a um corpo (qualquer que seja, que isso seja este, ou ainda a apropriação em um único corpo, pertencente a uma vida passada) porque vocês são bem além, em Consciência, além desse corpo.

Enquanto vocês considerarem que há algo a perder, vocês não irão encontrar a Unidade.

Isso não faz ignorar o corpo, nem rejeitá-lo, mas, bem mais, transformá-lo, a fim de que este se torne, por síntese, o corpo de Estado de Ser.

O desdobramento da Luz, como a ativação das diversas Portas, presentes nesse corpo, são, justamente, os meios que lhes foram oferecidos para sintetizar de novo, de algum modo, mesmo se a palavra não é adaptada, o corpo de Estado de Ser (ndr: ver a coluna “protocolos a praticar”) (*).

Deste modo, a Consciência vivendo a Unidade não tem o que fazer desse corpo, porque esse corpo é um Templo no qual se realiza a ‘alquimia’, mas ele é apenas um despojo quando o corpo e a Consciência tornarem-se unificados.

Assim, então, não há paradoxo, há simplesmente que verificar, por vocês mesmos, que o trabalho apenas pode realizar-se, para vocês que estão encarnados, nesse corpo, que é um Templo e um receptáculo.

Mas, a um dado momento (ilustrando, assim, o que lhes disse o Comandante) (ndr: O.M. AÏVANHOV), tornar-se uma borboleta necessita a abertura da lagarta, a rachadura do envelope do Coração e a passagem em meio à Nova Consciência.

Enquanto existe um apego, enquanto existe um medo, com relação a esse corpo, este não pode se transformar.

Não há, então, perda do corpo, no sentido em que vocês podem entendê-lo, com a visão limitada da personalidade.

Há Transfiguração e Ressurreição.

Isso não é, realmente, a mesma coisa.

***

Pergunta: a Ascensão, concretamente, é uma saída consciente do corpo?

 Bem amada, há tantas Ascensões quanto seres humanos.

O mecanismo individual da Ascensão faz de vocês um ser profundamente diferente, cuja Consciência não está mais limitada e cujo corpo não está mais limitado.

O que corresponde a uma transformação total, porque, eu os lembro, vocês estão nesse corpo, prisioneiros, limitados, pelo nascimento e pela morte.

Nos mundos Unificados, não existe morte.

Esse corpo, por Essência, é o Templo, mas há a particularidade, também, de ser perecível, e isso vocês sabem, mesmo se o ego e a personalidade recusam encarar o fato de que esse corpo é perecível, de uma maneira ou de outra.

Isso participa das leis do confinamento e das leis do isolamento deste mundo.

Reencontrar a Unidade apenas pode ocorrer quando há uma desidentificação total em relação a esse corpo.

Vários místicos, em todas as tradições, exprimiram-lhes isso, certamente muito melhor do que eu, através de suas experiências, que eles vivenciaram em diferentes épocas da história da humanidade.

Agora, o que é o real e o que é o concreto?

Enquanto você considera que o real e o concreto referem-se a esta Dimensão, não pode ali haver acesso à Unidade.

Crer que o mundo melhor corresponde, simplesmente, neste mundo, a mudança de regras, substituir alguns seres por outros seres, apoiando o destino da humanidade, é estritamente contrário ao princípio da Unidade.

Não pode ali haver Unidade enquanto há a aplicação de certos princípios existentes neste mundo, e resultantes do princípio de falsificação.

Enquanto existe uma estrutura, um ser, evoluindo pelo poder sobre esta consciência, não há Unidade.

Obviamente, a personalidade vai debater sem fim nesta noção de medo, nesta noção dever soltar alguma coisa ou abandonar alguma coisa.

Há diferentes modos de apreender o mecanismo, mas há apenas um modo de compreendê-lo, que é vivê-lo.

Dessa maneira, enquanto existe uma projeção através dos diferentes mecanismos de Ascensão que lhes foram detalhados desde pouco tempo, vocês não vivem a Ascensão, mas vocês vivem a projeção do seu próprio mental através das interrogações ligadas aos medos subjacentes, quaisquer que sejam esses medos.

O princípio da Unidade é a transcendência do conjunto dos medos, a liberação de todos os apegos, e a transformação de tudo o que está ligado ao confinamento.

Quando a Consciência vive a Unidade, na realidade e na Verdade, não no plano concreto da realidade deste mundo, mas no plano real, além da ilusão deste mundo, não pode se colocar qualquer questão quanto ao futuro desse corpo, porque, naquele momento, a Consciência compreende e vive que ela não é esse corpo.

*

 Enquanto há um medo e uma ressonância, presentes na estrutura física ou na estrutura emocional ou mental, não pode ali haver acesso completo à Unidade.

Nenhuma lógica, e isso lhes foi explicado ontem, pode explicar, racionalmente, o que acontece, no momento da Ascensão.

Apenas a Vibração, e certo número de marcadores correspondentes ao acesso à Unidade (que lhes serão explicados por SRI AUROBINDO) (ndr: intervenção nesse mesmo dia) (**), correspondem à realidade da vivência.

A Ascensão não é um mecanismo mental.

A Unidade não é a adesão a um dogma, não é uma crença.

Enquanto vocês estão na crença, há projeção e não há Unidade.

A única maneira de viver o mecanismo é parar seu tempo pessoal, bem além da simples meditação, alinhar-se na Vibração, viver a Comunhão e a Graça.

Naquele momento, vocês irão viver a Verdade.

Enquanto vocês estão confinados por seus medos, ou pelas projeções, quaisquer que sejam, não pode ali haver Liberação.

O conjunto dos mecanismos Vibratórios que se verte sobre esta Terra, através da Luz dita Unitária ou Vibral, desde 1984, permitiu desenvolver e elaborar certo número de processos, visando amortecer o que SRI AUROBINDO chamou de ‘choque da humanidade’, há apenas um ano, permitindo-lhes viver, desde o instante em que vocês se abandonam à Luz, desde o instante em que vocês renunciam a toda ação da personalidade, o efeito transformador da Luz.

Mas enquanto vocês insistirem em querer aprisionar a Luz, vocês não podem ser Transparentes e vocês não podem viver a Luz, na totalidade.

As experiências de Alinhamento que vocês vivem (que isso seja às 19 horas [hora francesa] ou no momento que vocês o decidem), as experiências de Vibrações, de Comunhão e de Graça, que vocês podem apreender em não importa qual momento, são o reflexo direto e real, a saber, da Inteligência da Luz.

*

 Agora, retenham, também, que lhes será feito muito exatamente segundo sua própria Vibração.

Se existe um medo de perder o que quer que seja, então, vocês serão, não confrontados a este medo, em última análise, mas no momento coletivo da humanidade, vocês serão simplesmente conduzidos aí onde vocês levam sua Vibração.

Nenhum artifício mental, nenhuma imaginação, nenhum medo poderá, de modo algum, alterar o que vocês são.

Mas o que vocês são é função, não de suas crenças, mas da expansão, mais ou menos intensa, da sua Consciência.

Vocês estão na consciência limitada, fragmentada, ou vocês penetram os espaços da Consciência Unificada, aí onde tudo é Alegria, aí onde tudo é Luz, aí onde não existe qualquer medo, nem qualquer projeção em um futuro qualquer?

Eu especifico que, durante este período, a intensidade dos seus questionamentos, Interiores e exteriores, apenas corresponde, de fato, olhar-se, face a face, permitindo-lhes, se tal é o desejo da sua Consciência, mesmo fragmentada, passar a Porta Estreita ou não.

Não haverá qualquer julgamento, nem de vocês mesmos, nem de qualquer autoridade exterior.

O princípio da Luz é respeitar a Graça e a Liberdade.

Cabe a vocês decidir, não mentalmente, mas pela Vibração, se vocês desejam colocar-se segundo o princípio da Ação de Graça, ou segundo o princípio da Ação / Reação.

Lembrem-se do que lhes dizia CRISTO: “aqueles que desejarem salvar sua vida, irão perdê-la”.

Os Quatro Pilares do Coração são os próprios fundamentos da aceitação e da vivência da Unidade.

Não há outro elemento que possa intervir.

***

Pergunta: os corpos estando conectados à Terra, eles irão ascensionar ao mesmo tempo que a Terra?

 Bem amado, eu apenas posso responder o que eu já respondi.

Existem tantas Ascensões quanto seres humanos.

Desde uma semana, uma das Estrelas lhes comunicou os diferentes modos possíveis da Ascensão.

Cada ser humano, que ele queira ou não, será respeitado em sua liberdade Vibratória.

Agora, alguns irão ascensionar com esse corpo, outro sem esse corpo.

É a Consciência (liberada desse corpo, enquanto estando nesse corpo) que irá decidir, não é o mental, nem as projeções, nem os desejos.

Assim, vocês não se preocupem com os mecanismos da sua própria Ascensão, mas vivam, desde agora, o que lhes é oferecido, através da Merkabah Interdimensional coletiva, como da Merkabah Interdimensional da Terra.

Dando-lhes a viver, em seus espaços Interiores (de Alinhamento, de Vibrações, de meditações), estados Vibratórios particulares, conduzindo-os à Unidade.

Se tanto é que vocês se Abandonam, nesses momentos, à Luz, que vocês não buscam assumir o controle da Luz, nem deixam atuar a personalidade, nesses momentos de Alinhamento.

Porque não existe melhor preparação do que esses momentos.

Não existe melhor preparação Vibratória do que os momentos de Comunhão ou de Graça, tal como lhes foram comunicados, para realizar, em vocês, entre vocês, entre as Dimensões, entre os seres e as Consciências povoando as outras Dimensões.

A instauração e a instalação do Canal Mariano são, muito exatamente, o que lhes permitem encontrar o fio condutor da Vibração, ligando-os à Unidade.

O desdobramento das Portas Vibrais, ao nível desse corpo, são os pontos de ancoragem da Luz.

Bem além do Canal do Éter, bem além das Coroas Radiantes, da Lareira do Sacro, permitindo à Luz penetrar e fusionar, diretamente, o conjunto das suas células desse corpo, mas, também, sua Consciência.

***

Pergunta: se algumas lagartas se transformam em borboletas, aquelas que não se tornarem borboletas iriam continuar a viver nesta Dimensão?

 Nesta Dimensão não quer dizer neste mundo, já que este mundo onde vocês estão ascensiona, definitivamente.

A Terra, chamada de 3ª Dimensão, não existirá mais.

Será necessário, então, para essas Consciências que fizeram a escolha de permanecer nesse corpo de carbono, experimentar a Liberação, face a face, e a Vibração com a Luz Unitária, a fim de se reconectar à Luz.

Cada Consciência (e não cada personalidade) é totalmente livre para estabelecer-se na Dimensão que é a sua, ou em sua origem estelar, ou em sua origem Dimensional.

Mas pode também decidir, com toda Liberdade, continuar a experiência, não da separação, mas do que foi denominada, então, 3ª Dimensão, mas Unificada.

Naquele momento, a Consciência será limitada, mas não estará mais confinada.

Ela será tributária de um corpo, e irá decidir, no momento que lhe for próprio, libertar-se desta noção de densidade, chamada de 3ª Dimensão.

A Multidimensionalidade exprime-se a partir do momento em que a Consciência não é mais tributária, nem de um corpo, nem de um tempo, nem de um espaço.

Mas isso, seu mental, seu cérebro, não pode compreender, porque ele tem o hábito de funcionar em meio a uma localização, em um corpo e em um espaço determinados.

Como isso foi dito: vocês estão geolocalizados no tempo e no espaço.

Nos Universos Unificados e nos estados Multidimensionais do ser, não existe qualquer localização, tal como vocês podem concebê-la e vivê-la neste mundo.

Da mesma forma que vocês podem decidir ir a tal lugar, para viver tal coisa, sobre este mundo, aí onde vocês estão atualmente: vocês decidem o local aonde vocês vão no que vocês chamam de férias, vocês decidem (se as condições da Ação / Reação lhes permitem) estabelecer-se em tal lugar.

Tudo isso será profundamente diferente, a partir do momento em que o lugar onde vocês irão querer se estabelecer não existir mais, muito simplesmente.

Então, o que será de vocês?

A irrupção do Supramental, a densificação do Supramental, neste mundo (que vocês vivem, de maneira individual, e cujas etapas anteriores foram, como lhes disse o Arcanjo MIGUEL, a Desconstrução e, depois, a transformação final que vocês estão prestes a viver), faz com que chegará um momento em que tudo irá desaparecer.

Tudo o que é ilusão desaparecerá, completamente.

Se vocês quiserem manter certa forma de geolocalização, através de uma estrutura de carbono denominada Unificada, será preciso, efetivamente, naquele momento (seja com esse corpo ou sem esse corpo), estabelecer-se no que é chamado de 3ª Dimensão Unificada.

Isso não poderá acontecer em um lugar, Vibratoriamente, que não existirá mais.

***

Pergunta: o que aconteceu no dia 10 de novembro, entre MIGUEL e URIEL?

 Bem amada, a nova Tri-Unidade, durante essa passagem, foi constituída pela Vibração e pela Consciência de MIGUEL, de CRISTO, ou, então, de CRISTO / MIGUEL e de MARIA.

Isso foi denominado Nova Eucaristia ou Nova Aliança, permitindo realizar a Tri-Unidade, então, sua própria Unidade de Consciência, em meio à nova Dimensão.

 O que aparece é o papel da Transparência, ligado, como vocês sabem, ao Anjo METATRON, que lhes entregou as Chaves Metatrônicas da Liberação e da Liberdade.

No que concerne a URIEL, Anjo da Presença e da Reversão, ele permite a Última Passagem e o Último Salto que possibilita a Reversão e a Passagem, da personalidade egotista, ao Coração.

Não em um conceito, não em uma ideia, não em uma emoção, mas na Verdade do que é para viver.

A passagem da Tocha é, então, uma passagem Vibratória, permitindo alinhar-se na nova gama de frequências, a título individual, e preparando, assim, deste modo, a passagem para o coletivo.

Pelo seu trabalho (como isso foi dito, em várias ocasiões) de ancoragem e de semeação da Luz, vocês realizam o assentamento da Nova Jerusalém, nesta Terra, permitindo à Consciência passar (sem desgastes, sem medo, e em total Liberdade) em meio aos Mundos Unificados.

Eu os lembro, para ilustrar isso, de que o conjunto dos seres humanos que vivenciaram uma experiência às portas da morte, ou que vivenciaram um acesso ao Estado de Ser, disse-lhes, muito exatamente, para a maioria deles, a mesma coisa: o inferno é aqui.

Em outros lugares há a Liberdade.

Em outros lugares há o Amor.

O amor tal como vocês o vivem, sobre este mundo, não é o Amor.

Ele é apenas o confinamento, em um relacionamento, em um afeto, em uma necessidade de ‘vontade de bem’, mas ele não é a Liberdade e, ainda menos, a Liberação.

O Amor é uma Vibração, traduzindo-se pelo que nós chamamos de Fogo do Coração, que é o Fogo do Espírito e que torna Livre e que os liberta de todo confinamento.

*

 Agora, a Luz jamais irá obrigá-los a juntar-se à Luz.

Mas vocês não podem pretender ser a Luz e manter qualquer ilusão.

Isso era ainda possível no período das Núpcias Celestes e até ainda a pouco tempo.

Quanto mais os dias transcorrerem, mais sua Consciência individual vai dar-se conta, através de suas próprias experiências, de que se aproxima um momento chamado de dissolução ou de estase [catalepsia].

Há momentos em que vocês penetram as esferas do Estado de Ser, pela Vibração e pela Consciência.

Naquele momento, vocês não estão mais neste mundo.

Isso é uma ilusão?

Isso é uma Verdade?

Tudo depende do seu ‘ponto de vista’.

E são vocês que irão decidir, em sua alma e consciência, podemos dizer, estabelecer-se em tal gama de frequências, ou em tal outra gama de frequências.

Ninguém virá ajudá-los a passar a Porta.

Ninguém pode substituir o que vocês são, para viver a Unidade.

A Última Passagem, que está em curso de realização, corresponde à passagem da Porta Estreita, mas antes de passar esta Porta Estreita, é preciso Liberar-se, por completo, Interiormente e em consciência, de tudo o que é obstáculo para a leveza, de tudo o que é obstáculo para a Unidade.

Mais uma vez, a Unidade não é um conceito, ela é um estado de Consciência, mas este estado de Consciência irá se tornar cada vez mais incompatível com a consciência fragmentada da personalidade.

 É isso que vários de vocês farão a experiência.

Agora, se vocês não fizerem a experiência, e bem, não se coloquem questões, contentem-se em prosseguir em sua vida e em viver o que vocês têm a viver.

O momento final, coletivo, da humanidade irá permitir-lhes reencontrar a Luz e se estabelecer, naquele momento, na Vibração na qual vocês estão.

Não há, então, qualquer medo a manifestar.

Há, apenas, uma preparação a realizar e esta preparação é Vibratória.

Ela não se refere mais, agora, às circunstâncias de vida (o fato de afastá-los de tal ou tal região, de juntá-los com tal ou tal pessoa) porque a Inteligência da Luz está, na totalidade, trabalhando, que vocês o aceitem ou não.

Isto os coloca frente ao seu próprio Ser, em seu futuro, em seu Ser profundo, e na realidade da sua Consciência, ou seja, segundo seu próprio ponto de vista.

***

Pergunta: uma escolha feita em consciência pode ser contrariada por uma escolha da alma?

 Bem amado, você poderia especificar o que você chama de escolha feita em consciência?

Onde se situa a Consciência?

Na personalidade ou no Estado de Ser?

Existe uma consciência da personalidade.

Existe uma consciência da alma.

E existe uma consciência do Espírito ou do Estado de Ser.

São três gama Vibratórias completamente diferentes e contraditórias.

Assim, quando você diz: “fazer uma escolha em consciência”, de qual consciência você fala?

Todo ser humano, sobre o planeta, desde que existe uma abordagem espiritual, é claro, quer a Luz.

Mas será que querer a Luz é Ser a Luz?

Ser a Luz é Abandonar, justamente, toda vontade.

É apagar-se, tornar-se o menor, tornar-se o mais humilde e o mais simples.

A característica, essencial e principal, da personalidade é recusar a simplicidade, é recusar a evidência e recusar a Luz, porque a Luz implica, para ela, o medo da dissolução, o medo do desaparecimento desse corpo, o medo de todas as projeções da consciência, com relação ao que vocês chamam, por exemplo, de casal, de filhos.

E, no entanto, quando vocês deixam esse corpo, pela Porta da morte, o que resta dos seus apegos, senão suas crenças, já que o apego real não pode mais existir, tal como existe neste mundo?

Então, qual é a escolha, em consciência, que foi relatada?

As escolhas da alma pertencem à Matriz.

A alma é uma criação da Matriz.

Isso foi explicado, muito longamente, pelo IRMÃO K, com relação à alma voltada, justamente, para a encarnação, para a matéria, e não para o Espírito.

Quando o Espírito se revela e é vivido, o corpo e a alma não existem, tão simplesmente, mais.

Crer que a alma vai conduzi-los, sobre este mundo, para alguma Liberação, é uma ilusão que foi chamada, pelo IRMÃO K, de Luciferiana (ndr: intervenção do IRMÃO K de 7 de julho de 2011) (***), nada tendo a ver, é claro, com Lúcifer, redimido desde muito tempo.

Mas isso corresponde ao eixo, alterado e falsificado, da Luz, denominado ATRAÇÃO / VISÃO.

O alojamento da alma, relacionado com a Porta AL (chakra de enraizamento da alma) está em contato direto com o que é chamado de Porta VISÃO, situada ao nível do fígado (ndr: ver a coluna “protocolos a praticar”) (*).

Enquanto existe uma projeção da Consciência, no exterior, neste mundo, enquanto vocês creem ser tributários de um karma, de um passado, qualquer que seja, fosse ontem ou em uma vida passada, vocês não são Livres.

E vocês não encontrarão a Liberdade por esse viés.

Isso resulta, diretamente, de um conjunto de mecanismos associados às leis da Matriz, às leis da alma, que não são as leis do Espírito.

As leis deste mundo não são as leis dos Universos Livres.

Toda sutileza das forças de confinamento foi fazê-los crer, e fazê-los aderir, a esses diferentes princípios.

O princípio de reencarnação, que vários seres na busca espiritual aceitaram como uma evidência (ou porque era uma crença muito útil para explicar suas problemáticas, ou porque eles tinham acesso, realmente, à memória de suas vidas passadas), é apenas um confinamento.

Não pode existir qualquer Liberação enquanto o Espírito não é revelado.

A alma tem um belo jogo, de alguma forma, para fazê-los crer que vocês são tributários de contratos, que vocês são tributários de afeição, que vocês são tributários dos erros que vocês cometeram no passado.

Quando vocês tocam o Espírito, e quando vocês vivem o Espírito, tudo isso desaparece, porque isso é apenas a cortina de fumaça colocada diante da tela da Consciência.

Mas se sua crença, e se sua vivência, estão ligadas a esses contratos de alma, a esses impulsos da alma voltados para a matéria, então, vivam-nos.

***

Pergunta: todas as manifestações sobre a nova Terra serão necessariamente ilimitadas?

 Sim.

Na medida em que, uma vez que são transpostas as Portas da 3ª Dimensão dissociada (que é, eu os lembro ainda, sua Dimensão de experiência, qualquer que seja seu acesso ao Estado de Ser), não existe mais qualquer confinamento possível, nem em um corpo, nem em uma forma, nem em um tempo, nem em um espaço, nem em uma Dimensão, nem em meio ao sistema solar.

A Consciência vive a Liberdade total.

O Espírito é imaterial porque não está presente nesta Dimensão.

É o próprio princípio do confinamento.

Quando vocês vivem o Espírito, vocês são o conjunto da criação e o conjunto das criaturas, quaisquer que sejam.

É a consciência fragmentada da personalidade confinada e da própria alma, que faz crer que existem leis, regras, hierarquias ou o que quer que seja, privando-os da Liberdade.

O Espírito é Livre, por toda Eternidade.

Ele não tem nem início, nem fim.

Ele não tem necessidade de qualquer evolução já que ele é perfeito, por toda Eternidade.

Somente a alma e a personalidade creem, neste mundo, que existe necessidade de evoluir, necessidade de se aperfeiçoar.

O Espírito não pode crer nessas coisas porque ele é a Verdade da Consciência que é perfeita, por toda Eternidade.

Então, como vocês podem conceber, ou mesmo crer, que vocês têm necessidade de evoluir ou de buscar o que quer que seja, já que a Unidade está presente, de toda Eternidade?

Simplesmente, é o acesso à sua Unidade que foi restrito por certo número de princípios de confinamento, tendo-os, cada vez mais, confinados em meio à personalidade.

Não há razão alguma para manter qualquer personalidade, qualquer alma, nos mundos da Verdade, porque vocês absolutamente não estão mais limitados pelo que quer que seja.

Não existe mais barreira, não existe mais partição, não existe mais fragmentação.

Essa é sua Essência.

Essa é sua natureza.

Essa é sua Verdade.

***

Pergunta: a Terra já vivenciou vários desaparecimentos em massa, Ascensões…

 Não foram Ascensões.

Foram processos de extinção maciça de toda vida que reproduzia a Matriz.

O que acontece, atualmente, não tem nada a ver.

A Atlântida não vivenciou a Ascensão.

A Atlântida vivenciou sua destruição e o confinamento de novo na Matriz.

A prova: vocês ainda estão aí e vocês foram aqueles que estavam na Atlântida.

O processo atual não é uma extinção, nem a reprodução de um quadro matricial confinante.

É a Liberdade e a Liberação.

Mas, é claro, aquele que está confinado na personalidade, e que deseja ali permanecer, irá chamar isso de destruição e de morte.

Mas isso é apenas o ponto de vista dele.

***

Pergunta: poderia falar do estado que consiste em se tornar observador de si mesmo?

 Bem amada, tornar-se observador de si mesmo não é se colocar como um observador, simplesmente, que iria observar deslocar-se e atuar na vida.

É um mecanismo da Consciência que é muito mais sutil.

É o momento em que vocês tomam consciência, real e concretamente, de que vocês não são nem esse corpo, nem seus apegos, nem seus filhos, nem seus pais, nem este papel, nem esta profissão, de que vocês são muito mais do que isso.

Naquele momento, e somente naquele momento, vocês se tornam os verdadeiros observadores, porque vocês não estão mais submissos a esta consciência fragmentada.

Vocês não estão mais sob o controle de seu próprio mental, de suas próprias emoções, de suas próprias mágoas e de suas próprias crenças, porque vocês não são mais nada disso.

Vocês vivem, naquele momento, real e concretamente, a Unidade.

Isso não é, portanto, um exercício para praticar, no sentido em que vocês poderiam entender, mas, sim, uma Reversão da consciência que os faz tomar consciência da ilusão deste mundo.

Por mais que vocês digam que este mundo é ilusão, e que o repitam durante 50.000 anos, ele não irá se mover um iota.

Ele estará sempre aí.

É a consciência que deve se transformar.

E a consciência se transforma, para um número cada vez mais considerável de seres humanos, através do que nós lhes demos, revelamos, e chamamos sua atenção e sua consciência sobre o que acontecia nesse corpo.

Porque esse corpo, como eu disse, é o Templo no qual se realiza a ‘alquimia’.

Que isso seja através das Coroas Radiantes da cabeça, do Coração, através do despertar do Canal do Éter ou do Canal da Kundalini, que isso seja através da Vibração das células do corpo, em última análise, o conjunto dessas manifestações (bem reais e concretas para aqueles que o vivem, mas que são uma ilusão para aqueles que não o vivem) vai levá-los a viver a ‘revolução da Consciência’, que é apenas uma reversão de toda projeção exterior (através dos apegos, dos medos, das crenças) para viver a Unidade.

Eis o que nós podemos dizer.

Mas, enquanto vocês não o vivem, todas as palavras que poderiam ser aplicadas não têm qualquer sentido.

Elas apenas têm sentido para aquele que o vive ou que se aproxima.

Não existe qualquer mecanismo de pensamento, qualquer mecanismo de conhecimento exterior que seja suscetível a fazê-los mover um iota para viver a Unidade.

Enquanto vocês creem nisso, vocês estão submissos às leis da alma, às leis da Matriz e às leis do confinamento.

Nenhuma lei do confinamento, mesmo compreendida e integrada, permite-lhes superar o confinamento.

O objetivo da Luz Vibral (através da Radiação do Ultravioleta, através da Irradiação do Espírito Santo, através da Irradiação d’A FONTE) tinha uma única intenção desde 1984, desde as Núpcias Celestes: fazê-los tomar consciência da ilusão deste mundo.

Não através dos mecanismos de pensamento, não através do fato de querer trabalhar sobre tal emoção ou tal atitude mental ou tal sofrimento, mas de se Abandonarem à Luz, como eu disse durante as Núpcias Celestes.

Permitindo-lhes, então, viver a transformação induzida pelo seu próprio Abandono, sua própria Humildade, sua própria Simplicidade, sua própria Transparência.

Os Pilares do Coração (que estão ativos, para alguns de vocês) são a prova absoluta de que o que vocês vivem não é uma ilusão, já que vocês o vivem.

E, naturalmente, aquele que não vive qualquer dos Pilares, aquele que não vive qualquer das Coroas, apenas poderá refutar e rejeitar isso.

E ele terá razão, porque ele nada vive de tudo isso.

Deste modo, então, a Unidade não é uma dogma, a Unidade não é uma crença, mas é um estado de fato, Vibratório, que os leva a viver a Unidade, por completo.

***

Pergunta: esse pesadelo que vivemos, a encarnação, nós o desejamos, individual ou coletivamente? Ou nós fomos traídos?

 Bem amado, empregar essa palavra ‘traição’ remete a dados históricos extremamente antigos.

Isso já foi desenvolvido e remonta a mais de 320.000 anos, e à chegada de algumas Forças, denominadas Arcônticas, neste mundo, tendo limitado a Liberdade de consciência.

Vocês não caíram porque, como o que é perfeito, por toda Eternidade, poderia cair em algum lugar?

A experiência da encarnação (em todo caso, para aqueles que estão presentes sobre esta Terra, desde tempos antigos), é apenas um confinamento no qual vocês não estão estritamente por nada.

A particularidade da consciência é que, quando ela está limitada em sua possibilidade Multidimensional, pouco a pouco, ocorre um mecanismo que eu prefiro chamar de esquecimento, e não de queda (porque a queda é uma culpa que lhes é atribuída, ao passo que vocês estritamente nada têm a ver com sua queda).

A problemática é a seguinte: a Luz Vibral, para muitos de vocês, sobre esta Terra, pode ser chamada de fogo do inferno, porque os condicionamentos fizeram-nos chamar a Luz de fogo destruidor.

Não é nada disso.

Tudo depende do ponto de vista.

Aquele que está confinado na encarnação e nas leis da alma, não pode conhecer o Espírito.

E, então, a irrupção do Espírito, ou da Luz Vibral, que ele não procurou, que se manifesta em sua consciência, é chamada de destruição, o fogo do inferno.

Mas, para aquele que vive a Unidade, isso se chama Liberação.

É exatamente o mesmo mecanismo que está em operação, mas tudo depende do grau de confinamento da consciência.

O esquecimento é um mecanismo terrível.

A memória é um mecanismo terrível.

E todos vocês o sabem, em relação aos seus sofrimentos passados que interferem em seu presente.

Aquele que está na Unidade não tem qualquer sofrimento.

Ele pode ter a lembrança, mas ele não é mais afetado, porque isso foi transcendido, não por uma vontade pessoal, mas porque ele, realmente, tomou consciência de que ele não é nem seu sofrimento, nem sua alegria, nem sua dor, nem seu prazer.

De que ele está neste mundo, como dizia o CRISTO, mas de que ele não é deste mundo.

Então, é claro, muitos seres humanos irão lhes dizer que a vida é magnífica neste mundo.

É a escolha deles.

E é, de qualquer forma, sua Liberdade.

O que nós podemos fazer já que cada um apenas pode sair do confinamento por si mesmo?

Após os mecanismos de destruição, a Matriz reformava-se instantaneamente através das leis gravitacionais induzidas por essas Forças Arcônticas.

Hoje, o processo é diferente, porque as Forças Arcônticas não podem mais agir.

Elas foram neutralizadas, no Amor e na Luz Vibral.

Assim, portanto, o que chega, hoje, é a Liberação.

Mas algumas consciências, vivendo em meio à alma ou à personalidade, não podem aceitar tal eventualidade.

O que nós podemos ali fazer?

A Terra experimentou inúmeras transformações geológicas, das quais ela carrega as cicatrizes e as marcas.

A personalidade, tão efêmera como é, vive como eterna.

É o próprio princípio da personalidade e o próprio princípio do confinamento.

Eis porque o ‘choque da humanidade’ e suas diferentes etapas, que lhes foram dadas há um ano, neste próprio espaço (ndr: intervenção de SRI AUROBINDO de 17 de outubro de 2010) (****), correspondem, na totalidade, ao que deve viver cada ser humano.

Existem mortes violentas, sobre este mundo, que não implicam em qualquer necessidade, nem em qualquer utilidade de preparação.

Existem mortes lentas que necessitam, para essas almas, uma preparação, e que sempre passa pelos mesmos estratos de negação, de negociação e, enfim, de aceitação.

Mas o que chega, hoje, não é a morte.

O que chega é a Liberdade e a Alegria.

Porém, o que ali nós podemos se uma Consciência está confinada em meio à alma, em meio à personalidade, e não Vibra na frequência da Liberdade?

Nós, estritamente, ali, nada podemos.

Mas, é preciso muito, que um dia, a experiência do confinamento, desejada por outra coisa que sua própria consciência, termine, de uma maneira ou de outra.

Vocês não podem aderir ao fato de ser Sementes de Estrelas, de ser Espíritos Livres e aceitar permanecer confinados, em um corpo, em um esquema de vida ou em uma Dimensão.

Mas, isso, vocês não podem aceitar enquanto vocês não vivem o Estado de Ser.

As experiências de morte iminente que fizeram alguns seres sair, simplesmente, desse corpo e ver a Luz ao longe (para a maioria, sem penetrar na Luz), bastaram para mudar a vida.

Vocês imaginam bem, então, que o momento coletivo da humanidade (correspondente à rachadura do Céu e ao momento em que a Verdade irá aparecer-lhes) irá libertá-los, de um modo ou de outro, enquanto respeitando sua Liberdade.

***

Pergunta: poderia nos falar da noite escura da alma e se todos os seres a vivenciam?

 Bem amada, ‘a noite escura da alma’ foi objeto de inúmeras comunicações.

É-me difícil retornar a isso.

Por outro lado, eu posso falar sobre o segundo aspecto da questão: não, a noite escura da alma não é vivenciada por todos.

Ou, em todo caso, podemos dizer que ela é vivenciada em diferentes níveis, segundo a maior facilidade para viver a Vibração.

A noite escura da alma é, justamente, o momento em que a alma decide aceitar que tudo, neste mundo, apenas pode ser escuridão, que não há qualquer esperança de Liberação, neste mundo.

Isso pode ocorrer e se manifestar durante o sofrimento extremamente doloroso da perda de uma projeção, através de um ser amado, por exemplo, ou da perda de um filho ou de um parente.

Um sofrimento indizível invade, naquele momento, a alma, que não tem fim, neste mundo.

E é naquele momento que a alma pode se voltar (o que não é sempre o caso, é claro) para a Luz, ou seja, para o Espírito, e sair, naquele momento, do confinamento.

A noite escura da alma, qualquer que seja a intensidade do sofrimento que foi proposto (no tempo ou na própria intensidade), vai, justamente, permitir-lhes transcender os limites da alma e sair, de Verdade, do confinamento.

Não há, então, que caluniar, nem que maldizer este princípio, mas, sim, apreender-se, de algum modo, dos mecanismos superiores.

Esta noite escura da alma pode existir ou não existir.

Ela pode tomar, para alguns seres, a forma da perda de um ser querido.

Ela pode tomar, também, o aspecto de uma doença fulgurante pondo em jogo, em um prazo muito curto, seu prognóstico vital.

Esse mecanismo, que parece terminar com a vida da personalidade, chama-os, justamente, a viver a Unidade e a Verdade.

Enquanto vocês não vivenciaram sua própria Unidade, vocês apenas estão submissos às suas crenças, vocês apenas estão submissos aos seus impulsos da alma, vocês apenas estão submissos à sua história pessoal, em meio a este mundo.

Mas vocês estão sempre sobre este mundo.

Viver a Unidade os faz sair deste mundo, enquanto ali permanecendo.

É a Consciência que sai do confinamento, que habita ainda, por um tempo, esse corpo e que não se identifica mais nem à alma, nem ao corpo, nem à personalidade, nem a coisa alguma que esteja presente na superfície deste mundo.

Somente naquele momento é que vocês podem viver a Liberdade, porque vocês estão Livres.

A noite escura da alma contribui para fazê-los atravessar a Porta Estreita, durante essa terceira Passagem.

Para isso, é preciso apoiar-se nos Pilares do Coração: a Humildade, a Simplicidade e a Transparência.

É naquele momento que a Luz pode penetrar, eu diria, sem resistência, em vocês.

A maior parte dos seres que lhes falam, enquanto Anciãos, vivenciou, durante sua vida, esta noite escura da alma.

Ou através da perda de um ser querido, como IRMÃO K.

Ou durante uma noite com uma agonia extrema da morte, como UM AMIGO.

Ou, ainda, meditando frente ao sol, como o Comandante (ndr: O.M. AÏVANHOV).

Naquele momento, há uma extração total da ilusão.

Será que, no entanto, esses seres saíram deste mundo?

Não.

Eles tentaram (cada um, colorido por sua vivência, por sua cultura) expressar, da melhor forma possível, naquela época, o que era a Unidade.

Mesmo se alguns não conseguiram, naquele momento, apreender o que era a história, ou seja, eles não tiveram acesso ao princípio de falsificação ligado a Deus, ao Diabo e a Yaldébaoth, e empregaram essa palavra, obviamente, mas sem saber o que havia por trás.

Mas o importante não foram as palavras que eles empregaram, mas o estado de consciência no qual eles estavam.

Eu falo, é claro, do Comandante.

Ou seja, adicionando alguns elementos, não exatamente a mesma coisa para o que vocês chamam de seres de polaridade feminina e, em particular, as Estrelas que, umas como outras, a maioria delas, deram-lhes seu caminho durante sua última vida.

A natureza feminina (denominada assim, neste mundo) tem muito mais facilidade para abandonar o poder, visto que a natureza masculina está associada ao poder, em um lado dito exteriorizado (denominado yang, se vocês preferirem), mas que corresponde a um desequilíbrio mais acentuado do que a natureza feminina, fazendo com que a natureza feminina esteja mais apta, ainda hoje, para encontrar a Unidade, para Vibrar em meio à Unidade, muito mais facilmente do que o homem.

***

Nós não temos mais perguntas, nós lhe agradecemos.

***

 Bem amados Filhos da Luz, bem amadas Sementes de Estrelas, eu rendo Graças pelo seu acolhimento, pela sua escuta e pela nossa Comunhão.

Eu lhes peço para aceitar minha Comunhão.

Até uma próxima vez.

… Efusão Vibratória / Comunhão …

************

Tradução para o português: Zulma Peixinho

http://portaldosanjos.ning.com

Read Full Post »

Elevação e Ascensão – por Mestre RAM _ AutresDimensions

Eu sou Ram.

Recebam todo meu Amor, todas as minhas bênçãos.

Para captarem de maneira autêntica o que vou lhes dar, para além mesmo das palavras, pela vibração e pelos sentidos, eu lhes peço, primeiramente, para se realinharem totalmente em seu coração interior.

Eu os acompanho nisso alguns instantes de seu tempo, antes de começar a falar pelas palavras e a lhes comunicar o que tenho a comunicar, ao mesmo tempo pelas palavras, pela vibração.

Meus bem amados, o que tenho a dizer, o que outros terão a dizer, deve se entender e se ler, obviamente, com os ouvidos ou os olhos, mas, além disso, peço-lhes receberem essas palavras e esta vibração, antes de tudo, em seu coração.

A compreensão e a lógica do que vou lhes dizer e lhes dar passa de maneira natural pelo coração.

O mental não poderá apreender a totalidade do que será dito ou lido ulteriormente.

Há alguns meses que eu os mantenho na vibração e nas palavras do coração, para que seu olhar e sua consciência se voltem para este.

Eu lhes dei meios simples para chegar a ele.

Esses exercícios eram uma preparação, essencial a viver, para um processo próximo que vocês terão a viver, a maior parte de vocês, em seu corpo e em sua consciência.

Trata-se de um processo chamado de elevação e ascensão.

A Luz e o Criador vêm ao seu encontro.

Isso é para agora.

Entendam e compreendem «agora», um tempo reduzido de seu tempo terrestre.

Seu coração, assim como sua Essência, deve ser totalmente pacificado para ter êxito nesse processo denominado elevação e ascensão.

Vou falar por analogia com relação a um processo, conhecido de toda alma em encarnação, chamado de ‘morte’.

Na hora da morte, sua consciência, que era exteriorizada na manifestação desta dimensão, deve se extrair desta dimensão pela morte do apoio chamado de corpo, a fim de viver numa outra dimensão.

O processo de elevação ou de ascensão pode ser estritamente sobreposto.

Vocês vão passar do mundo manifestado, tal como o conhecem, para um outro mundo.

O que significa, muito simplesmente, que o mundo tal como vocês o viveram, tal como experimentaram, desaparecerá, muito simplesmente.

É a única maneira de realizar a ascensão ou a elevação.

Inúmeros de vocês imaginam, pensam que a Luz que vem, que vocês vão subir nesta Luz.

A Luz vem, evidentemente, mas vocês não poderão juntar-se a ela pelo exterior.

Vocês poderão a ela juntar-se apenas pelo interior, suprimindo pouco a pouco todos os sinais de sua consciência e de seus sentidos que eram voltados para o mundo exterior.

Nisso, a meditação e o trabalho sobre o coração interior é uma preliminar e uma repetição para a elevação e para a ascensão.

Vocês não poderão juntar-se à Luz e aos fenômenos que vêm girando seu olhar para o exterior.

A Luz que vem é um chamado e uma ressonância que deve conduzi-los a voltarem seus olhares, a consciência e seus sentidos, para o interior.

Tratar-se-á da ‘única possibilidade’ de extraírem-se desta realidade de dimensão na qual vocês vivem.

Vocês não poderão atingir esta Luz por seus sentidos, por sua consciência exteriorizada e ainda menos por esta dimensão.

Isso necessitará, no momento em que as premissas desta Luz lhes serão anunciadas de maneira clara e audível, um momento em que será necessário voltar sua consciência e seus sentidos no interior de seu ser, para o coração interior.

Pouco a pouco, será necessário, num tempo curto na escala de seu tempo, extremamente curto, suprimir todos os sinais exteriores, e todo o interesse interior deve tomar o lugar preponderante a fim de viver o processo.

Haverá uma injunção forte ao nível da alma, pedindo-lhes para girar, voltar-se para o interior.

Sua vida na sua totalidade deverá inclinar-se e viver-se no interior.

Da mesma maneira que a transição denominada morte chama à supressão dos sentidos habituais e das funções fisiológicas habituais desse corpo, a elevação ou ascensão é totalmente sobreposta.

Vocês se extrairão desta dimensão tridimensional.

Qualquer que seja a onda de ascensão e de elevação que escolherem, seja com ou sem o corpo, será indispensável apagar todos os sinais externos que vocês chamam de vida, nesta dimensão.

Isso está bem além do simples descanso, da simples colocação ao abrigo de seus corpos num espaço como numa casa ou em um lugar fechado.

Vocês deverão, no momento da injunção, girar seus ‘sinais’ do exterior para o interior.

Vocês se extrairão desta realidade para ir para a Luz, na condição de que aceitem fechar totalmente esta consciência para esta realidade tridimensional.

O mínimo apego ou o mínimo olhar para com o mundo exterior arrisca prejudicar fortemente o processo de elevação ou transição e, pelo menos, arriscaria provocar sofrimentos inúteis.

Da mesma maneira que alguém que recusa morrer, enquanto que a hora de sua transição chegou, agarrar-se-ia por todos os meios em sua posse à vida, retardaria o momento propício para esta transição.

Da mesma maneira, se quando a Luz aparecer, você resiste por uma ‘atração exterior’, por desejos exteriores, por inquietudes ligadas a parentes, a lugares ou a posses, isso provocará necessariamente sofrimentos que virão limitar sua capacidade de ascensão.

Não se preocupe com os outros.

No que diz respeito às crianças o problema não se porá.

Elas irão naturalmente nesta Luz.

Elas não se colocarão questões.

Vocês não devem, tampouco, tal como crianças, se colocarem questões.

Eu os remeto à frase de Cristo «ninguém pode penetrar o reino dos Céus se não volta a ser como uma criança».

Como uma criança querendo dizer sem mental, sem apego, sem referência ao tempo passado ou a vir.

Vocês poderão aceder à elevação e à ascensão apenas através de um processo chamado de ‘desapego’ total de tudo o que os mantinha nesta dimensão.

Isto necessita uma preparação.

Esta preparação, como vão saber que ela foi conseguida?

E bem, isso dependerá simplesmente de sua capacidade para entrar em ressonância com sua vibração interior e de sua capacidade para se extraírem, antes mesmo que a Luz venha a vocês, da realidade tridimensional desta dualidade, para entrar em Unidade.

O que acontece no momento em que vocês entram em Unidade?

Este momento é marcado por uma concentração de consciência e de energia Luz ao nível do interior de seu peito.

Paralelamente, aparece um som entendido e audível ao nível dos ouvidos.

O som assinala a conexão ao seu ser interior e ao seu ser de Luz.

Vocês ali serão ajudados, no momento da Luz, pelo mesmo som.

Entretanto, vocês devem encontrar este som por seu trabalho interior e devem demonstrar sua capacidade para se voltarem para o ser interior, onde não há mais questionamento, onde não há mais pergunta, onde não há mais oposição e onde há apenas Unidade, Alegria, Transcendência e Imanência.

A Luz, quando ela vier, pode provocar seu ‘desejo’ de captá-la e de vê-la ao exterior.

A Luz vem pedir para se voltarem para sua Luz e ela está alojada em seu coração e em nenhum outro lugar.

Cabe-lhes, portanto, iniciar esse processo de consciência energética e vocês saberão que tiveram êxito quando conseguirem ‘limitar’ todas as percepções do exterior, que sejam sensoriais, que sejam mentais, que sejam emocionais, que sejam físicas.

No momento em que conseguirem gerar, por sua consciência interior, o som, poderá estabelecer-se a segunda etapa que é a ‘perda total’ de seus marcadores corporais.

Vocês serão, como foi dito nos textos sagrados, uma consciência desapegada do corpo e, no entanto, no interior do corpo, mas numa outra dimensão.

É apenas respeitando esse protocolo que vocês poderão aceder à elevação ou à ascensão.

Obviamente, inúmeros seres humanos serão capazes, perante a revelação da Luz, de compreender e de sentir ‘a realidade do que é’ e de fazer esse trabalho sozinho, tendo em conta, em todo caso, reações desse plano tridimensional à chegada da Luz, que é, eu os recordo, a revelação da Luz.

Obviamente, esta realidade tridimensional (que vocês experimentaram e viveram) é um mundo privado de Luz, porque dual, e a dualidade não quer Unidade e a dualidade entrará em conflito com a Unidade da Luz, gerando inúmeras coisas extremamente desagradáveis sobre as quais não me estenderei porque elas preenchem suas profecias e seus anúncios múltiplos nesses tempos perturbados que vivem sua época.

A solução é interior, ela não será jamais exterior.

Cabe-lhes, como foi dito desde numerosos anos, ‘soltar’ seus apegos, desapegar-se, recentrar-se e entrar em seu ser interior.

A entrada em seu ser interior, além do som, corresponde à Alegria e quanto mais o som se desenvolver e quanto mais a alegria se desenvolver, menos vocês estarão atentos aos sinais exteriores, que estes venham do corpo, do ambiente, de seu mental ou de suas emoções e, do mesmo modo, das emoções e do mental dos outros.

Trata-se, nos momentos que vêm e que vocês terão a viver e que vivem já, de se recentrar no interior de si, de não atribuir importância ao que não tem, de não dar importância a outra coisa além de seu ser interior e de sua Divindade.

Isso deve preencher seus espaços de vida, seus espaços, quaisquer que sejam.

Ninguém os forçará a ir num sentido ou no outro.

Todo ser humano fez, desde alguns tempos, alguns anos, escolhas.

Essas ‘escolhas’ foram formuladas em toda lucidez.

Obviamente, aqueles que não se colocaram à questão das escolhas não são referidos, infelizmente, por esse processo de elevação e esse processo de ascensão, exceto, obviamente, as crianças e as almas as mais puras que serão recordadas no último momento.

Para a maioria dos seres no caminho (que eu chamaria de ‘seres na busca’) é necessário dizer e repetir, compreender e aceitar e, enfim, viver em consciência esse processo de reversão.

A reversão ligada à irrupção da Luz ao mais próximo possível de sua dimensão é um processo que, como sabem, deve desenrolar-se no conjunto dos processos vivos desse sistema solar.

Trata-se tanto de ‘sua reversão como indivíduo’ (que, ele, se refere do exterior para o interior) como uma ‘reversão de seu planeta’ ligada ao que vocês chamam de basculamento dos pólos.

Não se atrasem.

Simplesmente, supervisionem seu ser interior, supervisionem o som, supervisionem a Luz interior.

Cultivem-na e procurem-na em seu Céu sobre esta Terra.

Vocês não encontrarão a Luz num outro alguém, não encontrarão a Luz numa compensação, seja material, afetiva, relacional, profissional ou outra.

A Luz vem pelo céu.

Ela não vem por um ser.

Não sigam ninguém além de seu ser interior.

A Luz que vem é uma Luz de Amor.

Mas aqueles que recusarem este Amor pela necessidade de experiência serão totalmente livres.

As escolhas lhes pertencem.

Simplesmente, se vocês querem aceder a esta Luz, se querem romper o ciclo das reencarnações, se querem aceder a esse mundo de Luz, vocês poderão ali aceder apenas pela força do coração.

Não há outra porta, não há outra saída.

Abrir a porta do coração não é fazer ato de coração na vida comum.

Fazer ato de coração e ato de Amor é abrir a porta de seu próprio ser interior para focalizar a consciência unicamente nisso.

Qualquer ser humano, qualquer que seja a sua obscuridade ou a sua Luz, possui nele esta centelha e esta Luz.

O tudo é querer ir ali, o tudo é querer ali se fundir e ali se derreter e ali retornar.

Não se preocupem, no momento vindo, com esse corpo.

Ocupem-se apenas com o som e com a vibração.

Isto é capital e importante, isto é essencial.

As crianças, eu repito, o farão espontaneamente.

Elas não têm necessidade de mestre para isso, elas não têm necessidade de pais para isso, porque elas encontrarão, de maneira espontânea, esta ‘porta do coração’.

Alguns de vocês encontrarão a porta do coração, mas não quererão ir ali, o que acontecerá?

Viverão o fenômeno de elevação e de ascensão passando pela ‘porta da transição’ chamada de morte.

Inúmeros seres, agora, quanto a eles (uma parte extremamente importante da humanidade terrestre encarnada), decidiram prosseguir a dualidade.

Não julguem, não critiquem, porque cada alma é livre.

Nada se impõe.

A única coisa que lhes tem sido escondida até o presente é a data da vinda da Luz.

Posso afirmar que isso é agora, não será em dez anos, não será em cinco anos, isso é agora.

De qualquer modo, não pode haver erro, não pode haver engano.

A partir do momento em que vocês estão centrados em seu coração e na escuta interior, no momento em que a Luz se manifestar, vocês compreenderão, como uma criança, que aquilo é a Luz do Criador.

Não subam em qualquer estrutura, qualquer que seja que desejaria se denominar Luz se esta está encarnada numa forma.

A Luz que vem a vocês não tem forma.

A Luz que vem para vocês não está encarnada por um ser nem pelo que vocês chamariam de uma embarcação [nave] interestelar.

Isto é um erro, isto é um engano.

Nada além de você mesmo pode salvá-lo.

Nada além de você mesmo pode aceder à Luz.

Você não tem necessidade de qualquer embarcação.

Não tem necessidade de qualquer ajuda, os que desejam se elevar e ascensionar.

Seres, em abundância (de outros planos dimensionais e desta dimensão, mas de outros mundos), poderão efetivamente ajudá-los, mas eles serão apenas uma ‘ajuda’, não serão a finalidade.

A finalidade, eu lhes recordo, é a Luz e nada mais.

Inúmeros seres multidimensionais e tridimensionais vêm viver esse processo, porque esse processo é único na história das humanidades e reproduz-se apenas uma vez a cada ciclo e cada alma experimenta-o apenas uma única vez.

Assim como uma alma experimentou a queda apenas uma única vez, a redenção e a ascensão vivem-se apenas uma vez.

Esse é seu momento, se o deseja.

Ainda uma vez, a Luz não está numa pessoa, nem num objeto, a Luz vem do céu, a Luz vem do cosmos.

Ela vem para vocês, ela vem bater à sua porta e ela pede que vocês abram esta porta e nada mais.

O resto far-se-á naturalmente e, eu diria, automaticamente.

O corpo seguirá ou não seguirá o movimento, mas só o movimento de sua alma e de sua consciência é importante.

Não mantenham relação ou interação que lhes pareceria hoje pesada.

Porque, no momento vindo, vocês arriscariam lamentar amargamente.

O tempo chegou de desfazer-se de todos os apegos ao seu mundo, de todos os apegos à sua materialidade, de todos os apegos à ilusão porque, quando vocês se juntarem aos domínios da Luz, compreenderão esta grande frase que foi anunciada pelos maiores neófitos deste planeta: «esse mundo é uma ilusão».

É, como dizem os orientais, «maya».

Obviamente, quando vocês estão fechados na ilusão, aquilo é, para vocês, realidade, mas, quando dela se extraem, adquirem uma ‘visão panorâmica’ que os faz compreender a realidade desta dualidade como ilusão.

Aí está o que tinha a dizer através das palavras e da vibração do que os esperam nos momentos que estão já aí.

Não procurem um prazo de tempo.

Eu posso simplesmente dizer que isso é agora e que não será em cinco anos.

O que quer dizer, também, que independentemente da própria Luz, na sua vinda física, pelo Céu, vocês têm, doravante, a possibilidade de ascensionar no seu ritmo.

Vocês têm a ‘possibilidade’.

Algumas portas foram abertas para lhes permitir (e para permitir aos que desejarem) juntar-se, por uma pequena antecipação, aos mundos de Luz.

Não se trata de um suicídio.

Não se trata de uma extinção, mas de uma ascensão, mas isso lhes pertence.

Queria simplesmente dar-lhes estes dois alertas que são: voltem-se para seu interior, não sigam nada além do que é interior a vocês, tanto mais que se manifestarão coisas, no momento em que vier esta Luz, que não são da Luz.

Aí está o que tinha a dizer.

Cultivem a calma interior.

Cultivem o ser interior.

Façam crescer em vocês a Alegria.

Façam crescer em vocês o som.

Façam crescer em vocês a vibração e, entretanto, guardem os olhos abertos sobre seu Céu.

Eu esclareço que seu contato com a Luz, que vocês verão em seu Céu, será, obviamente, extremamente fácil.

Mas, antes que a Luz seja visível no Céu, em sua Luz interior vocês encontrarão seu guardião indestrutível que espera apenas isso, que vocês abram a porta, a fim de manifestar-se a vocês de maneira lúcida e de maneira constante.

O acesso às outras dimensões encontra-se no coração.

Obviamente, existem outros processos energéticos que acompanham a penetração de sua consciência no coração.

Eles foram descritos por muito numerosos neófitos que falaram do despertar da Kundalini na sua totalidade.

Aquilo é exato, mas vocês não terão necessidade de compreender aquilo quando o viverem.

A única coisa que vocês têm necessidade de integrar é a vibração e o som.

Os outros mecanismos seguirão, porque a Luz é inteligente e seu ser interior é muito mais inteligente que seu mental.

Então, bem amados seres de Luz em evolução, queiram receber minhas bênçãos, minhas homenagens e a minha gratidão por terem recolhido esta vibração e esta palavra.

Sejam abençoados.

************

Mensagem do Venerável RAM no site francês:

http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=274

***

Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

Postado

por Célia G.

Read Full Post »

‘UM AMIGO’ MELQUIZEDEQUE –

Eu sou Um Amigo. De meu Coração ao seu Coração, recebam gratidão por sua Consciência e agradecimentos por sua Presença.

Para aqueles de vocês que não leram, nem ouviram, eu sou um dos 24 Anciões que ainda estava encarnado há um século.
O conjunto de minha Vida foi centrada na vivência da Consciência, e no que ela não era, num corpo de densidade.

Também intervenho nesta época, em sua Humanidade, assim como os outros 23 outros Anciões, a fim de favorecer a emergência da Consciência Unitária e da unificação da Consciência nos espaços unificados, para além da Consciência dissociada que existe nesta Humanidade.

Para além das palavras e de sua aparência, a Vibração trazida por minha Presença, em sua Presença, trabalhará, se vocês o desejam, para aproximá-los de seu estado de Unidade, de seu Estado de Ser, por intermédio da Vibração e da Luz.

A Luz é Vibração, a Luz é Consciência.
O Templo Interior o sabe.
E o Templo Interior o vive, porque a hora chegou, porque o momento é agora, e, juntos, de meu Coração a seu Coração, vamos penetrar mais adiante, pelas palavras, pelas suas perguntas, na Consciência e na Unidade.

Para além das palavras que emprego (e como o disse quando de minha primeira vinda, que tento esculpir para adequá-las com a Consciência da Unidade), juntos, vamos avançar, juntos, vamos comungar e, juntos, vamos compartilhar.

Irmãos e irmãs nesta Humanidade, vocês foram preparados para viver o que vivem.
Cada um de vocês, a seu ritmo, em sua frequência, vive as transformações prometidas e anunciadas há tempos imemoráveis em todas as tradições.

O momento é agora.
O momento está presente em seu Templo Interior, nesta densidade, como na superfície de seu mundo.
Nós, as Consciências unificadas, tanto os 24 Anciões, como o Conclave Arcangélico e o conjunto de Forças Intergalácticas da Luz, estabelecemos o contato com sua Consciência, com sua Unidade.

O que vem é Unidade. Nós a clamamos e declamamos para vocês.
O que vem a vocês é Alegria, o que vem a vocês é a Eternidade reencontrada, a inscrição em sua Unidade que se restabelece, se a aceitam.

Não existe qualquer barreira que seja diante do estabelecimento de sua Unidade.
Nós preparamos, e vocês prepararam, esses momentos.

Hoje, lhes é possível viver já nesta densidade na unificação da Consciência, na Consciência Una e Unificada, para além das vicissitudes desta dimensão.

Então, irmãos e irmãs, juntos, pela Vibração e pelas palavras, em relação a suas perguntas, vamos continuar a elevar, a comungar e a unificar.
***

Questão: pode nos falar do papel de Shamballa nos tempos atuais?

Cara irmã, convém previamente, que me diga o que há, para você, na palavra Shamballa.
Porque essa palavra, de origem oriental, abrange de fato inúmeras realidades, por vezes muito diferentes.
***

Questão: como forma de nível intermediário da Luz ou passagem obrigatória da Luz em 3 níveis, para que esta Luz possa atingir a Humanidade.

Cara irmã, Shamballa, sem prejulgar seu estado Vibratório, é efetivamente uma ponte e um retransmissor.
Existem vários Shamballa, situados em espaços e em tempos diferentes, assim como em espaços multidimensionais diferentes.
Esses espaços e essas dimensões estão ligados a Agartha, povo intraterreno que governa, a seu nível, a manutenção da coesão de sua Dimensão, tendo permitido a ela subsistir, quaisquer que fossem as vontades do que foi chamado as forças opostas à Luz Vibrante, para que finalmente vocês pudessem viver o que vocês vivem.

Existem numerosas pontes e numerosos retransmissores.
Entretanto, existe apenas um caminho que é a Verdade e a Vida, pronunciado por um ser que foi Cristo.
A Luz necessita de pessoas, a Luz necessita de entidades, a Luz necessita de Dimensões servindo de pontes e de interações para penetrar até vocês.

Hoje, lembrem que vocês são a Luz e que vocês são Unidade.
Não há necessidade de nada além de sua própria Presença a vocês mesmos em sua Unidade.
Vocês não tem nada a seguir além de vocês mesmos.
Porque, enquanto vocês seguem outra coisa além de vocês, vocês não se seguem, e vocês não estão em acordo Vibratório com o que vocês são.

O conjunto da Confederação, o conjunto dos Conclaves, o conjunto dos Anciões e o conjunto dos Antigos nada podem se vocês não seguem a vocês mesmos primeiramente na Unidade, na Verdade e na Luz.
Existem numerosos planos Vibratórios que projetaram pontes, intermediários, para chegarem na etapa de hoje.
O conjunto do Conclave Arcangélico realizou um trabalho de reunificação com sua Existência, permitindo, se vocês o desejam, vivê-lo.
Mas, assim como o disse e repetiu o Arcanjo Miguel, apenas vocês podem realizar essa junção, esta Unificação com uma parte de vocês mesmos que é a parte da Luz, a parte da Unificação de sua própria Consciência com vocês mesmos.

Nesse trabalho, é um trabalho que realizam de vocês para vocês e com nenhum outro intermediário e com nenhuma outra possibilidade.
Apenas vocês podem reunificá-los a vocês mesmos.
Apenas vocês podem abrir a porta.
Apenas vocês podem acolher e recolher a Luz e o Mestre da Luz.
O que está acima é como o que está abaixo.
O que está fora é como o que está no Interior.
Vocês não devem, e isso não é uma injunção, obviamente, mas um conselho de meu Coração para seu Coração, vocês não devem crer em nada mais além de vocês mesmos.
Obviamente, o vocês mesmos de que falo é sua Consciência Unificada e em vias de Unificação.
Shamballa é importante, Yerushalaim é importante, os Arcanjos são importantes, eu sou importante, mas nada é mais importante que vocês e vocês mesmos.
***

Questão: como terapeuta, posso ajudar, à distância, com a Luz?

Cara irmã, até o momento, o conjunto de maneiras de guiar e ajudar àqueles que vocês chamam irmãos e irmãs, recorriam às leis da dualidade, às leis do bem pelo bem, para se opor ao mal.
Hoje, a melhor maneira de ajudar seus irmãos, conhecidos ou não, é assentar em vocês a Luz.
A intenção deve permanecer e deve residir, no estabelecimento da Luz.
A melhor ajuda que vocês podem fornecer à Humanidade é estar em sua Luz e fazer crescer em vocês a Luz Vibrante, a Consciência e a Vibração.
Assim que saem de sua Unificação de Consciência, mesmo através do que denominam o Serviço e a ajuda, que é fundamental, vocês se afastam do Serviço e da ajuda.

Apenas no estabelecimento de sua própria Luz, no estabelecimento de sua Consciência unificada é que vocês participam das leis de Unificação e da Verdade.

Obviamente, o ser humano tem a tendência, quando descobre o que vocês chamam os mundos espirituais, de querer ajudar, de querer servir.
Mas, geralmente, o que quer servir e ajudar não é a Consciência unificada, mas a Consciência da dualidade.

Viver e descobrir a Unificação da Consciência, dentro da Vibração do Estado de Ser, em suas estruturas, em seu Templo Interior, permite compreender a Verdade e a realidade do que acabo de enunciar.

Vocês devem sair do querer ajudar para ajudar em Consciência e em Unidade.
Ser é Ser.
Fazer não é Ser.
Ser e fazer.
A partir do momento em que vocês entram no Ser, tudo se faz pela Inteligência da Luz, pela Verdade da Luz, mas sem intervenção de qualquer vontade que seja refinada na personalidade.

O trabalho o mais importante é aquele da Unificação, aquele do estabelecimento da Verdade em suas estruturas, em sua Consciência, porque tudo decorre daí.

Hoje, mais do que nunca, e nos dias que vem, e nas semanas que vem, vocês devem afirmar e estabelecer esta Luz pela Vibração da Consciência, pela Vibração do Estado de Ser penetrando a personalidade.

Assim como vários de vocês o vivem neste planeta, percebem e sentem a ativação de novos circuitos Vibratórios, bem além dos chakras, bem além dos círculos Vibratórios que conhecem, estabelecendo em vocês uma nova Verdade e um novo estado de Ser.

Nesse novo estado de Ser, tudo está presente.
Basta, naquele momento, alinharem-se com vocês mesmos, com a Unidade, e o conjunto da Humanidade será ajudado.
Nada há de mais belo do que a descoberta da Consciência.
Nada há de mais verdadeiro e mais essencial do que se estabelecerem na Luz.
***

Questão: em 17 de março Miguel falou do Fogo do ego. Poderia desenvolver?

O Fogo do ego é aquele que resiste ao Fogo do Coração.
É um Fogo por atrito que os afasta da Verdade e os afasta do Fogo do Éter.
Hoje, vocês entraram no estabelecimento nesta Terra, como na Consciência, do Fogo do Éter.
O Fogo do Éter é deixar agir o Éter em vocês, deixando agir em vocês a Tripla Radiação recebida desde mais de um ano, permitindo-lhes elevar o Kundalini, permitindo-lhes reunificar o que é chamado as Triplas Lareiras: Coroa Radiante da cabeça, Coroa Radiante do Coração e Triângulo Sagrado.

A reunificação dessas Três Lareiras se faz pelo abandono à Luz, abandono à Inteligência da Luz e abandono de sua Consciência dissociada pela penetração na Consciência unificada.

O Fogo por atrito, assim como o disse Miguel em 17 de março, são apenas as resistências que existem mesmo em sua dualidade, limitando a expressão do Fogo do Coração e limitando a expressão do Fogo Sagrado que existe no Triângulo Sagrado.

Esse Fogo por atrito, vocês o observam na Humanidade que recusa a Unificação da Consciência.
Vocês o observam a seu redor.
É apenas resistência, esse Fogo do ego, ao estabelecimento do Fogo do Coração.
O Fogo do Coração é Amor, o Fogo do Coração é possessão, inteiramente, de sua Consciência dissociada pela sua Consciência do Estado de Ser, permitindo o estabelecimento, em vocês, de sua Consciência Unificada.

O Fogo por atrito, ou Fogo do ego, induz cólera, induz combate, induz luta e induz o que vocês observam como resistência, neste planeta, ao estabelecimento da Luz.
Mas esse Fogo por atrito que existe não tem que afastá-los do Fogo do Coração.

Vocês ainda têm todos, em vocês, seres humanos encarnados, esse Fogo por atrito, mas, progressivamente e à medida que deixam o Fogo do Coração invadi-los, esse Fogo do Espírito percorrê-los, vocês chegarão ao Fogo do Éter e, muito em breve, ao Fogo da Terra, permitindo abraçar, literalmente, o que poderia ainda se opor ao estabelecimento de sua própria Unidade.

Mesmo dentro do Fogo do Coração, vocês descobrem espaços de Consciência onde não há nem luta, nem problema, nem dualidade, onde tudo se estabelece sob os princípios da facilidade, sob os princípios da Unidade e sob os princípios da Inteligência suprema da Luz Unitária.
***

Questão: os seres intraterrenos vão se manifestar, quando e por que?

Irmão, os povos intraterrenos são numerosos, existem em vários lugares no interior desta Terra.
Suas funções são numerosas. Não são todas as mesmas.
Sua manifestação está ligada a sua elevação.
Progressivamente e à medida que vocês penetrarem as esferas do Estado de Ser pela Consciência Unitária, vocês irão perceber que o que lhes estava escondido aparecerá a seus sentidos, à sua Consciência e, em particular, à sua vista.

Seu papel é múltiplo. Entretanto, o papel essencial foi permitir a coesão e a manutenção de sua chama Divina, a manutenção de sua Existência, a fim de que vocês não sejam mais dominados para a eternidade nesta Criação.

Esse foi seu papel, ele foi realizado, nós agradecemos como vocês agradecem a eles.

Eles manifestar-se-ão no momento vindo, como o conjunto de Forças da Confederação Intergaláctica.

Agora, há apenas muito poucas barreiras para o estabelecimento desta conexão, que será uma junção.
A junção das dimensões está quase inteiramente realizada em sua Verdade, mesmo em sua dualidade.
Vocês a percebem, em vocês, individualmente, como o conjunto da Humanidade, coletivamente, o perceberá.
Há ainda certo número de ilusões, certo número de elementos desviados em sua manifestação, referentes à organização mesmo do que vocês chamaram espiritualidade, religião, que estão caindo, atualmente, a fim de revelar-lhes ainda mais à Verdade do que vocês são e não do quiseram fazê-los crer.

As palavras empregadas pelo Arcanjo Miguel, Sementes de Estrelas, filhos da Lei do Um, exprimem, no plano Vibratório, a realidade do que vocês são.
Vocês não são esse corpo.
Enquanto vocês estão identificados em Consciência a esse corpo, vocês são prisioneiros desta matriz.
Vocês não são esse corpo, mas são uma Consciência que habita esse corpo.
Sua Consciência está bem além do que vocês podem crer ou ainda perceber.
***

Questão: como reconhecer o que foi chamado um « mau rapaz », de uma pessoa que rejeita a Luz por ignorância?

Cara irmã, a resposta é simples.
Há espaços comuns de Vibração.
Os espaços comuns de Vibração fazem com que, a partir do momento em que a Consciência está unificada no Templo Interior, em que a Coroa Radiante do Coração está ativada, a resposta se faz por si, pela Vibração do Coração.

Não há, portanto, reconhecimento intelectual possível, mas uma ressonância Vibratória.

A partir do momento em que vocês estão frente a uma outra Consciência, o que acontece ao nível do Fogo de seu Coração?
A Coroa Radiante do Coração é resposta por si.
Haja a Vibração, ou não haja Vibração.
Agora, é necessário aceitarem que aqueles a quem chamamos os ‘maus rapazes’ (ainda chamados os filhos de Bélial ou os filhos da divisão), eles mesmos são geralmente portadores de uma alma que é a mesma Semente de Estrelas que a sua.
É nesse sentido que vocês não têm nem que julgar, nem que condenar, mas aceitar que a Coroa Radiante do Coração possa, junto a alguns seres, não ser acesa.

Porque esse é seu caminho e, participando da Unidade e da Unificação de sua Consciência, vocês aceitam e permitem que eles sigam seu caminho.

O reconhecimento é um reconhecimento Vibratório, o que não é um reconhecimento de julgamento, nem evitável.

Para terminar a questão, a segunda parte.
Aqueles que estão ainda na ignorância da Luz, são aqueles que vivem ainda fogos por atrito, qualquer que seja a manifestação.
A diferença é essencial.
Os ‘maus rapazes’ conhecem, por sua história, a Luz, mas a recusam.
Não há aí portanto ignorância, mas recusa.

A Vibração percebida ao nível da Coroa Radiante do Coração falar-lhes-á, naquele momento.
Se há ignorância, vocês verão no outro o Fogo por atrito, mas vocês sabem que a Coroa Radiante do Coração estabelecer-se-á, enquanto que naqueles que são chamados ‘maus rapazes’ (relativamente raros em sua Humanidade, mas vocês arriscam pouco encontrar, apesar de tudo), estes estão na recusa da Luz e farão, em sua Coroa Radiante do Coração, vibrar esta Coroa Radiante num modo de desaparecimento.
***

Questão: como superar o mental?

Cara irmã, eu dei a poucos dias de seu tempo Terrestre, um ensinamento essencial, que denominei o ‘Yoga Celeste’ [Protocolo: ‘Reunificação dos 5 Novos Corpos’], que permite, justamente, acalmar os elementos do Fogo por atrito em vocês.

Mas, já o fato de aceitar a Vibração, em seu Templo Interior, para todos aqueles, inúmeros pelo mundo, que viveram os Casamentos Celestiais, lhes permite já identificar a Vibração vinda de seu mental e discriminá-la da Vibração que vem da Unidade.
Já é um primeiro ponto e é enorme.

O conjunto de conhecimentos que dei através desse ‘Yoga Celeste’ lhes será muito útil para permitir trabalhar em sua própria reunificação, no corpo de Estado de Ser, vivido mesmo na personalidade.

Passar no Estado de Ser, passar na Vibração da Consciência Unitária faz calar o mental muito mais facilmente que as técnicas que lhes foram propostas até o presente na superfície desta Terra.

Assim, portanto, paciência, vocês terão em breve tudo isso à disposição.
***

Questão: quais são os nomes dos 24 Anciões, e qual é seu papel?

Seu papel é essencial, mas nem mais nem menos que Maria, nem mais nem menos que o Mestre da Luz, nem mais nem menos que os Arcanjos.

Cada um trabalha em um nível Vibratório preciso, correspondente a seu estado dimensional.

Os nomes dos 24 Anciões, isso me é difícil revelar um por um.

Alguns dentre eles lhes são conhecidos.
Outros ser-lhes-ão conhecidos proximamente.

Essas 24 Consciências são Consciências Unificadas que viveram, que experimentaram a encarnação, porque é essencial conhecer a encarnação para poder evitar as armadilhas.

Os Arcanjos intervêm a um nível Vibratório, frequentemente, que não tem muito a ver com o que vocês vivem nesta Dimensão.
Eles não conhecem apenas os funcionamentos os mais elevados, mas absolutamente não as armadilhas que foram construídas pelas forças Arcônticas há 300.000 anos e que falsificaram a Luz. Coisa que conhecem os 24 Anciões.

Os 24 Anciões são agrupados por afinidade Vibratória, correspondente a sua última encarnação, dentro dos elementos.
Suas funções são extremamente precisas.
Eles são os ajustadores da Luz.
Eles adaptam permanentemente a Vibração e a ligação à Fonte, em função das respostas da Humanidade ao impulso da Luz.
***

Questão: como se articula o papel dos Anciões com aquele dos Arcanjos?

A melhor imagem que posso dar (porque efetivamente uma imagem, mas a realidade é bem mais complexa, mas vocês podem ficar satisfeitos com esta imagem): no centro reina Maria, acima de Maria está o Mestre da Luz, acima do Mestre da Luz está a Fonte.
A primeira onda é constituída pelos Quatro Pilares, chamados de os Hayot Ha Kodesh ou os Quatro Viventes.
A segunda onda, ou segundo círculo concêntrico, é constituído pelos Sete Arcanjos que entregaram, como o sabem, suas chaves a Maria.
Para além dos Sete Arcanjos reina o que vocês conhecem apenas muito pouco, porque não chegou o momento para lhes revelar sua Presença, aquelas que foram denominados as Doze Estrelas de Maria.
Para além das Doze Estrelas de Maria, reina um círculo concêntrico ainda mais amplo que aquele dos 24 Anciões.
Para além desta estrutura se arranja, num plano Dimensional diferente, o conjunto de Forças Intergalácticas da Luz.
Imaginem-nas como as ondas concêntricas propagando a onda que vem do centro, a onda do centro sendo aquela da Fonte, aquela do Mestre da Luz e, no mais próximo de vocês, aquela que foi chamada a Criadora do Céu e da Terra, Maria.
***

Questão: poderia nos definir a Luz?

A Luz que vocês vêm não é a Luz.
A Luz que chega é uma falsificação da Luz.
Porque a Luz que vêm e que os clareia e que os mantém na Vida, o sol, deixa também passar algumas Sombras ligadas a esta densidade, a esta densificação.

As partículas que vocês chamam Luz, em sua dimensão, fótons, estritamente nada tem a ver com as partículas que nós, de nossa Dimensão, chamamos Luz.

O espectro da Luz visível não é a Luz, mas é uma redução da Luz real.
De acordo com as dimensões, as partículas que povoam as dimensões são profundamente diferentes e são chamadas, no entanto, nessas dimensões, Luz.

Os raios gama, os raios X são da Luz em outro estado Vibratório.
As partículas (algumas ainda lhes são desconhecidas nesta dimensão) participam no estabelecimento da Luz e na manutenção da Luz.
Um resumo lhes foi dado, e recebido por vocês, pelo Arcanjo Miguel e pelo conjunto do Conclave e pela própria Fonte.

A Luz é Vibração. A Vibração é Luz.
A Luz é Consciência.
A Luz Unificada é uma Luz cuja disposição estritamente nada tem a ver com a organização mesmo do que vocês chamam de Luz, nesse mundo (corpúsculos ou ondas, ou ainda formas etéreas denominadas Prana).

A Luz de que falamos, a Luz que vocês vivem em suas Coroas, nada tem a ver com a Luz desse mundo.
A Luz é, antes de tudo, Vibração.
A Luz é, antes de tudo, Consciência.
***

Questão: as bandas de Luz azul que podemos ver por vezes fazem parte desta Luz?

Sim.
O filtro de sua Consciência dissociada capta, em alguns momentos, certos estados Vibratórios específicos, que podem se apresentar sob forma colorida, quer vocês tenham os olhos fechados ou abertos.
A Luz azul pálida, aquela que foi inicializada pelo bem amado Sri Aurobindo, em 8 de dezembro de seu ano passado, é aquela que vocês captam.
***

Questão: nossa evolução para a Luz transforma as células de nosso corpo?

Esse é o objetivo.
Aqueles a quem chamamos, com vocês, os ‘maus rapazes’, tentaram, desde mais de 30 anos, de diferentes modos, diminuir o fluxo de Luz que chega até vocês.

De onde vêm essas partículas e esta Luz?

Vocês o sabem, o Arcanjo Miguel lhes revelou: elas vêm do sol central da galáxia chamada Alcyone, uma das filhas das Plêiades, sede e residência da Fonte.

Elas vem da Radiação do Ultravioleta que foi inicializada há mais de um ano pelo Arcanjo Miguel.
Elas vem da Radiação do Espírito Santo retransmitida de Sirius, em relação direta com Maria.
Agora, o efeito da Luz é importante.
Não creiam que a Luz não age sobre suas estruturas físicas, bem ao contrário.
A Luz de Dimensões outras que a sua tem chegado agora até o Éter e, em breve, até a Terra.

Ela induz transformações celulares, assim como o bem amado Sri Aurobindo compreendeu e viveu, assim como numerosos cientistas o compreenderam e descreveram.

A Luz penetra seu cérebro, ela lhe modifica as ondas.
Ela penetra também em suas células e, sobretudo, no DNA.
Os raios, em particular os raios gama, tem poderes de transmutação de seu DNA, permitindo restituir-lhe sua dimensionalidade, da qual vocês foram privados.

Isso foi retardado de maneira considerável por diversos meios, dos quais os mais comuns, hoje, são as vaporizações de substâncias na alta atmosfera, que limitam a influência dos raios gama.
Mas isso não está mais em curso e em breve não terá mais lugar.

A Luz chega mesmo assim e, cada vez mais, até suas células e até sua Consciência dissociada.
***

Questão: como se pode, em Consciência, purificar o ar que respiramos?

O ar que respiram é um ar afetado por inúmeras partículas em suspensão.
Mas a respiração a mais importante, como descobrem em seus espaços Vibratórios, em suas meditações, é uma respiração que se faz de modo diferente.
Vocês começam literalmente a respirar o Éter.
Alguns de vocês o percebem quando das meditações de 19h (hora francesa – 14 h em Brasília) ou quando de seus alinhamentos, porque, naquele momento, a frequência cardíaca põe-se a respirar, suas células põem-se a respirar e vocês começam a tomar sua respiração na Luz.
Isso corresponde à aproximação real de seu corpo de Estado de Ser.
Não se preocupem com os poluentes existentes.
Eles não podem nada contra a superioridade da Consciência.
A Consciência Unificada tem as capacidades de tudo resolver, absolutamente tudo.
***

Questão: quem é o Mestre da Luz?

Cristo. Cristo exterior e Cristo Interior, chamado, na linguagem Vibrante matricial: KIRISTI.
Não é aquele que construíram algumas religiões.
Ele é a Verdade da Consciência Unificada, ele é o Caminho, a Verdade e a Vida.
Ele é vocês, em outra Dimensão.
***

Questão: há diferentes Dimensões sobre nosso planeta Terra?

Há várias Dimensões existentes na Consciência da Terra, igualmente como há várias Dimensões existentes mesmo em sua estrutura atualmente: há o conjunto de suas estruturas sutis que pertencem ao corpo de personalidade; do mesmo modo, existe uma estrutura de Estado de Ser entrando em ressonância com sua Consciência dissociada.
Do mesmo modo, na superfície da Terra e, sobretudo, ao nível de seu interior, existem dimensões de Estado de Ser ou de Consciência Sagrada de Gaia, ou de Nebadon, permitindo a ela juntar-se a sua Dimensão original chamada Tiamat.
***

Questão: devemos ainda nos preocupar pela água do planeta?

Cara irmã, se preocupar é um funcionamento ligado à dualidade.
É-lhes solicitado integrar os espaços da Alegria, manifestar e viver a Alegria, porque a Consciência Unificada é Alegria.
Não se esqueçam jamais que as forças opostas à Luz tudo têm feito para atraí-los nas preocupações. Quer seja a saúde, a doença. Quer seja a economia ou outro.
Enquanto há a projeção da Consciência no que vocês chamam preocupação, ela os afasta da Consciência Unitária.
A solução não está na ação/reação, mas na ação da Graça.
A ação da Graça é Alegria.
Ela está ligada à vivência da Consciência Unificada em vocês mesmos.
A solução está aí e em nenhum outro lugar.
Isso não quer dizer desinteressar-se das problemáticas existentes, isso quer dizer transmutá-las pela Consciência Unificada.

O ‘princípio de atração e de ressonância’ manifestará sempre à sua própria Consciência o que vocês pensam.
Se vocês pensam Luz, a Luz vem a vocês.
Se vocês pensam Estado de Ser, o Estado de Ser chega a vocês.
Se vocês pensam em problemas, problemas chegam a vocês.

Aquilo em que vocês resistem, persistirá e permanecerá.
A Luz é abandono, não fuga, não demissão, mas, bem ao contrário, responsabilização na Unificação.
***

Questão: por que a Consciência Crística foi falsificada?

Cara irmã, essa é uma muito longa história.
Não me cabe, e caber-me-á cada vez menos, intervir sobre dados históricos.
O importante não é o conhecimento que vocês podem adquirir nas palavras, mas o conhecimento da Luz.
Porque, nela, todas as respostas ali estão, sem exceção.
Meu objetivo não é, hoje, e será cada vez menos, levá-los nos conhecimentos ligados ao passado.
O objetivo é a reunificação. A reunificação lhes dará todas as respostas sem exceção.
E, de resto, posso lhes assegurar que, quando estiverem estabelecidos inteiramente em sua Consciência Unificada, não haverá mais qualquer questão.
A Consciência unificada é Alegria.
A Consciência unificada é sair da matriz.
Sair da matriz é o objetivo, hoje.
***

Questão: poderia nos falar das crianças chamadas diamante?

Existem hoje, sobre a Terra, encarnadas, inúmeras crianças que tiveram diferentes denominações: crianças índigo, crianças cristal e crianças diamante.
Elas pertencem a Dimensões que não tem mais que viver a totalidade da programação da matriz quando da reencarnação,
sobretudo desde um número muito restrito de anos.
Não vamos, aí também, desenvolver as características dessas crianças.
Elas são conhecidas e descritas em numerosas obras de sua Humanidade.
***

Questão: a inversão dos pólos serve para nos fazer sair da matriz?

Cara irmã, a inversão dos pólos já ocorreu numerosas vezes, sem, no entanto, permitir-lhes sair da matriz.
A inversão dos pólos encerra um ciclo. Há a reversão.
Do mesmo modo que há reversão em sua Consciência atualmente, da Consciência dividida da personalidade para a Consciência da Existência.
Do mesmo modo, Gaia vive, ela também, sua reversão, que é Translação Dimensional.

Mas hoje, neste final de Humanidade obviamente, haverá, ao mesmo tempo, liberação da matriz.

O conjunto de camadas isolantes da Fonte foi dissolvido e está em vias de dissolução total mesmo nesta dimensão dissociada que vocês percorrem.
Assim, portanto, a liberação está em curso.

Certo número de veículos de Estado de Ser estão a caminho agora, vibratoriamente, até vocês, porque não estão mais prisioneiros no sol.

Vocês têm a viver não as explicações (que são bem reais e completamente científicas, como vocês as chamam), mas a viver a quintessência em sua Consciência.
Isso apenas pode se realizar pelo silêncio mental.
Isso apenas pode se realizar pelo alinhamento com a Verdade, com a Beleza, com a integridade e com a honestidade.
***

Questão: quando não houver mais a 3ª dimensão dissociada, o sol que vemos vai mudar e, em particular, continuará a fazer a Sombra?

Nos mundos Unificados, para além da 3ª dimensão, a Sombra, tal como a concebem, não existe.
A qualidade intrínseca dos mundos multidimensionais é a transparência.
Isso não quer dizer ausência de corporificação, mas transparência no sentido da ética, da honestidade e da qualidade da Luz.
Na nova Dimensão, mesmo dos mundos de 3ª dimensão Unificada, nasce o que é chamado um ‘novo sol’.
O 5º sol deixará o lugar ao 6º sol.
É o que vocês estão vivendo atualmente.
***

Questão: a saída da matriz far-se-á de modo caótico com perturbações ou numa forma de facilidade?

Tudo dependerá onde estará colocada sua Consciência.
Se vocês estão na Consciência Unificada, terão o ponto de vista da borboleta.
Se estão na Consciência dissociada, viverão a morte da lagarta.

Assim, portanto, a mesma realidade, a mesma Verdade, será vivida diferentemente segundo, unicamente, o estado de Consciência no qual vocês estiverem.
Se vocês estão na Consciência Unificada ou na Consciência do Estado de Ser, vocês viverão então a Felicidade, a Alegria, o Maha Samadhi, que lhes permitirá evitar os tormentos que denominam perturbações.
***

Não temos mais perguntas, agradecemos.
***

Bem amados irmãos e irmãs, de meu Coração ao seu Coração, eu lhes transmito minhas bênçãos e meu Amor e lhes digo até muito breve.
************

Mensagem de ‘Um Amigo’ / AMI [Melquizedeque] no site francês:
http://www.autresdimensions.com/article.php?produit=582

***
Versão do francês: Célia G.

Read Full Post »